UNILA tem novo reitor “pro tempore”

07 agosto, 2013
11:31
Por
0
Ciência e Tecnologia
Solenidade de posse do novo reitor da UNILA

Solenidade de posse do novo reitor da Unila

Josué Modesto dos Passos Subrinho, professor do Departamento de Economia da Universidade Federal do Sergipe, tomou posse no dia 30 de julho, em sessão solene, como reitor pro tempore da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), em Foz do Iguaçu, em substituição ao professor Helgio Trindade, que deixa a instituição após três anos. A cerimônia teve a presença do agora ex-reitor, do reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Zaki Akel Sobrinho, do vice-reitor Nielsen de Paula Pires, e do diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek, além de diversas autoridades municipais e regionais, representantes de consulados e da comunidade acadêmica da Unila. Na ocasião, Helgio, que deixou o cargo no último dia 25 de julho, recebeu diversas homenagens em razão de sua trajetória acadêmica e à frente da instituição, provenientes de docentes, técnicos administrativos em educação e estudantes.

O reitor Zaki Akel Sobrinho lembrou que a instituição sediada em Curitiba recebeu com orgulho e satisfação a tarefa de estabelecer os primeiros processos administrativos da Unila, como aqueles relativos à gestão e contratação de pessoas, licitações, obras e orçamento. “Fomos tutores da Unila nos dois anos iniciais com muito entusiasmo. Tive o prazer de conhecer o professor Helgio e com ele conviver esses anos, durante longas reuniões de trabalho. Percebo seu entusiasmo juvenil, determinação em relação ao projeto e como discute, com propriedade, profundidade e domínio, a educação e o ensino superior. A ligação afetiva da UFPR com a Unila não será jamais desfeita”, disse Zaki.

Emocionado, Helgio Trindade relembrou alguns momentos em que esteve à frente da instituição e agradeceu o apoio e suporte da UFPR, Itaipu Binacional, PTI, Capes, MEC, entre outras instituições. “Desde o início, pudemos contar com o apoio da Universidade Federal do Paraná e do reitor Zaki Akel, que esteve à frente da instituição já naquela época, tanto academicamente como administrativamente. A Itaipu nos permitiu estrutura, com a cessão do terreno e custeio dos projetos realizados pelo escritório de Oscar Niemeyer. Reconhecemos o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) como nosso primeiro habitat, base a partir da qual nos desenvolvemos e expandimos. Ainda precisamos agradecer à Capes e ao Ministério da Educação, por financiarem e acreditarem no projeto”, colocou.

Ao fim da cerimônia, o novo reitor Josué  Subrinho agradeceu a presença de toda comunidade à sessão solene e disse que pretende trabalhar com todos aqueles que tiverem disposição de construir o sonho da Unila. “Após ser sondado pelo Ministério da Educação, no final de maio deste ano, pus-me a tentar compreender, por meio de documentos, livros, site e de diálogos com o professor Helgio, este projeto de Universidade. Percebi sua grandiosidade e seu caráter inovador e generoso. Mesmo com minha experiência na Reitoria da Universidade Federal de Sergipe, sei que os desafios aqui são outros. Estou aqui para trabalhar com todos desta comunidade para a construção de uma nova Universidade, que coloque a fronteira e o campus como um local de encontro, reunião e solidariedade, e não como um muro. Vim com disposição de construir esse sonho”, finalizou.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]