UFPR terá mais um curso no oeste do estado

06 setembro, 2013
16:15
Por
0
UFPR

Vista geral da cidade de Maripá.

A interiorização do ensino superior proposta pela Universidade Federal do Paraná há vinte anos, com a criação do campus Palotina, deu mais um passo. Na sexta-feira (06), na Prefeitura de Maripá, em reunião com o reitor Zaki Akel Sobrinho, a equipe de pró-reitores e o prefeito do município, Anderson Bento Maria, foi confirmada a implantação de uma extensão do Setor Palotina da UFPR na cidade. Inicialmente haverá um único curso de graduação, de Engenharia em Aquicultura, atendendo a vocação na área de piscicultura da cidade.

Após uma reunião inicial realizada em Curitiba, a Prefeitura de Maripá realizou uma força tarefa para prospectar e selecionar o terreno para construção das instalações. O local escolhido tem 55 mil metros quadrados e fica próximo ao centro da cidade e ao lado do centro de eventos, localização considerada privilegiada tanto pela equipe da prefeitura como pela câmara municipal e também pela equipe administrativa da UFPR.

Segundo o reitor, a universidade vai trabalhar de forma rápida para que este sonho da cidade de Maripá se realize. “O local escolhido é muito bom e todo o trabalho da prefeitura, dos vereadores na câmara municipal e da própria população de Maripá foi muito preciso e rápido. A equipe da UFPR vai acompanhar este ritmo para concretizarmos mais este passo pela interiorização do ensino superior”, afirmou o reitor. Segundo o prefeito, já foram realizados contatos com os deputados Dilceu Sperafico e Rubens Bueno para solicitar verba de emendas parlamentares que vão subsidiar a criação de um frigorífico escola dentro do campus avançado. “Temos pressa, pois queremos mais desenvolvimento para nossa cidade, e isto virá através do ensino superior. Acompanhamos as comemorações dos 20 anos da UFPR em Palotina e não vejo a hora de comemorarmos os aniversários de implantação da universidade em Maripá”, afirmou Anderson Bento Maria.

Dentro de uma semana deve ser emitida a escritura de transferência do terreno para a universidade. A partir daí começa o trabalho da Pró-Reitoria de Administração (PRA) e da Prefeitura da Cidade Universitária (PCU), responsáveis pela abertura de licitações para contratação de projeto e empreiteira para dar início às obras no novo campus. “A exemplo do que foi feito em Palotina, vamos investir e trabalhar fortemente para trazer não apenas o ensino superior de qualidade aos moradores de Maripá, mas também garantir mais desenvolvimento à cidade como um todo”, disse o Pró-Reitor de Administração Álvaro Pereira de Souza.

Maripá está localizada a 16km de Palotina, tem hoje cerca de seis mil habitantes e o 22º melhor índice de desenvolvimento humano (IDH) entre os 399 municípios do estado. O município, conhecido como “Cidade das Orquídeas”, tem na agricultura sua maior arrecadação: 76% do total. A maior parte vem de produções de milho e soja, produtos muito explorados na região, além do frango e peixe, produtos abundantes no município.

Por Félix Calderaro

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]