logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR sedia evento para criação da Rede BiotecSul

biotecsul_site

A Universidade Federal do Paraná sediou o II Workshop da Rede BiotecSul, e reuniu representantes dos centros de pesquisa de universidades do sul do país que atuam de forma consolidada na formação acadêmica em biotecnologia e engenharia de bioprocessos. O evento foi realizado no Salão Nobre do Setor de Tecnologia da UFPR, no Centro Politécnico, em Curitiba.

A estruturação da Rede BiotecSul é apoiada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTI) e possui um grupo fundador integrado por representantes de universidades dos três estados do Sul (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade de Caxias do Sul, Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade Federal do Paraná). Dentre as instituições que compõem a Rede, destacam-se a UFPR e a UFPel que tiveram seus cursos de pós-graduação em Biotecnologia avaliados com nota máxima (6) pela Fundação Capes, tornando-as referências para as demais universidades.

O superintendente do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura e coordenador de Departamento de Transportes da UFPR, prof. Dr. Eduardo Ratton, representou o Setor de Tecnologia da UFPR na abertura do evento e destacou que a sociedade deve usufruir o capital intelectual das universidades, que hoje fica restrito à comunidade científica. “Felizmente a legislação atual permite esta transferência de conhecimento seja feita de forma que beneficie a todos”, afirmou.

Com a criação da Rede BiotecSul, as universidades devem estabelecer parcerias com setor produtivo, a partir de iniciativas alinhadas com os governos estadual e federal, além de fomentar o empreendedorismo. “A rede será um instrumento para que o conhecimento produzido nas universidades contribua também para o desenvolvimento econômico do Brasil”, explica o coordenador da Rede BiotecSul, Odir Dellagostin.

O workshop contou também com a presença do presidente da Fundação Araucária, Paulo Brofman, do professor do Programa de Pós Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia da UFPR, Carlos Ricardo Soccol, da representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Maria Cristina Braga, da representante da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elizabeth de Lourdes Nogueira, além dos coordenadores dos cursos de graduação e pós-graduação em Tecnologia da UFPR – Câmpus Palotina, Universidade Estadual de Londrina, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Universidade Estadual de Maringá, Universidade Positivo, Universidade Federal de Santa Catarina, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Universidade Federal de Pelotas.

Com informações da Assessoria de Comunicação do ITTI

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...