logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR se integra ao Eduroam, serviço que oferece internet sem fio de maneira mais fácil e segura aos usuários

 

eduroamA UFPR acaba de adotar mais uma iniciativa de destaque e protagonismo no campo da internet. Desde 6 de dezembro, a Universidade Federal do Paraná foi incluída no grupo das instituições que possuem o serviço Education Roaming (Eduroam). Presente em 80 países, o Eduroam objetiva oferecer acesso à internet sem fio aos estudantes, pesquisadores, professores e servidores das instituições cadastradas em todo o mundo, sem a necessidade de múltiplos logins e senhas.

Inicialmente, o Eduroam estará presente nos seguintes locais: Centro Politécnico (abrangendo os setores de Biológicas, Exatas, Tecnologia, Ciências da Terra, Setor de Educação Profissional eTecnológica – SEPT e unidades administrativas), Reitoria, Setor de Sociais Aplicadas, Campus Palotina, Jandaia do Sul, Centro de Estudos do Mar (CEM), Centro de Aquicultura de Mirassol e o Museu de Arqueologia e Etnologia, em Paranaguá (MAE).

Segundo o diretor do Centro de Computação Eletrônica (CCE) da UFPR Edson Flávio, em breve a rede será habilitada nos demais campus. Ele disse que o serviço é importante porque, além da facilidade de acesso, contribui para a formação de uma rede de confiança global.

O serviço implantado pelo CCE é uma iniciativa internacional, administrado pela RNP no Brasil, que começou na Europa em 2003. Está presente no Brasil desde 2012. “O  Eduroam é mais um instrumento de integração entre instituições de ensino pelo mundo”, comentou Edson Flávio. Baseado em um padrão de segurança por encriptação, o Eduroam é uma rede bastante segura, acima inclusive de níveis de segurança presentes em redes comerciais comuns.

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...