logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR participa de lançamento do texto preliminar do Plano Municipal de Educação

Participaram representantes de vários segmentos da educação. Imagem: Marcos Solivan

Na manhã desta sexta-feira, dia 13, membros da UFPR participaram do lançamento do texto preliminar do Plano Municipal de Educação de Curitiba. Estiveram presentes membros do Setor de Educação e o reitor da Universidade, Zaki Akel Sobrinho, a secretária municipal de Educação e professora da UFPR, Roberlayne Borges Roballo, o prefeito da cidade, Gustavo Fruet, vereadores e diversos membros da administração municipal. O evento foi realizado no Centro de Formação Profissional da Secretaria, com uma plateia repleta de representantes de segmentos relacionados à educação.

O documento deve servir como base para a elaboração do projeto de lei do Plano, que é previsto por lei federal e deve ser votado ainda nesse semestre na Câmara Municipal. Professores da Universidade participaram ativamente das discussões preliminares, contribuindo com sua experiência e pesquisas na área. “A UFPR tem diversos quadros que já discutem temas que devem ser abordados no Plano Municipal de Educação, como, por exemplo, organização escolar, currículos, meios avaliação”, explica o reitor.

De acordo com a secretária, estamos no caminho para a construção coletiva do projeto de lei – que deve ser concluído nos dias 16 e 17 de maio, durante a Conferência Municipal de Educação -, por meio de conselhos, fóruns, encontros em regionais e consultas públicas. Segundo a prefeitura, estes grupos devem elaborar e aprovar propostas, metas e estratégias para a educação na cidade, tanto para o ensino privado como para o público. Atualmente, a rede pública de ensino de Curitiba conta com 144 mil crianças matriculadas, que são atendidas por 18 mil profissionais.

“Precisamos que o lema ‘Pátria educadora’ seja realmente posto em prática”, destacou Akel Sobrinho, que, assim como o prefeito, elogiou a profundidade e a diversidade da partição social nas discussões. “Quanto maior for a participação, maior será a abrangência e eficácia do Plano da Educação que, aliás, só fará sentido se for concebido de forma democrática. Esse plano abrangerá questões que vão desde a educação infantil até a pós-graduação e por isso precisam ser amplamente discutidos pela população”, disse Fruet.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...