UFPR ganha selo “Empresa Amiga”, pelas análises da água do Paraná

19 dezembro, 2013
11:40
Por Priscila
0
Ensino e Educação

Foto: Arquivo Recanto do Tarumã

A UFPR acaba de receber o selo de “Empresa Amiga”, por serviços prestados no Laboratório de Pesquisas Hidrogeológicas, que ao longo de um ano analisaram gratuitamente amostras de água para verificar a qualidade e se eram recomendadas para o consumo humano. O selo foi concedido pela ONG Socorro aos Necessitados, que mantém o Lar de Idosos e o Centro Dia “Recanto do Tarumã”.

O Laboratório, coordenado pelo professor Ernani Francisco Rosa Filho, possui o maior banco de dados de análise de águas subterrâneas do Paraná. Desde 1996 pesquisa amostras de águas subterrâneas, coletadas em aquíferos da Região Metropolitana de Curitiba e do interior do Estado. Nas análises, são investigadas as presenças de aproximadamente 40 elementos poluidores, entre eles, pesticidas, metais, resquícios de hidrocarbonetos (petróleo), e coliformes fecais.

O químico Alexsandro analisa amostra de água. Foto: Marcos Solivan

Feito isso, explicam o biólogo Terêncio Aguiar Júnior e o químico Alexsandro Gregório, que atuam no LPH ─ unidade essa vinculada ao Departamento de Geologia do Setor de Ciências da Terra ─ é emitido um laudo. Nesse documento é informado se as amostras analisadas estão em conformidade com os padrões de potabilidade definidos pelo Ministério da Saúde (Portaria 2914) se a água é apropriada ou não para os consumos humano e animal.

Responsabilidade Social

Normalmente o Laboratório capta recursos financeiros através de parcerias que mantém com empresas/órgãos (Secretaria do Meio Ambiente de Curitiba, Sanepar, Embrapa, Instituto das Águas do Paraná). Com os recursos, adquire equipamentos e materiais para dar suporte às pesquisas.

Biólogo Terencio, no LPH. Foto: Marcos Solivan

No entanto, explicam os profissionais, quando “os órgãos solicitantes são sem fins lucrativos, como são exemplos a ONG  Socorro aos Necessitados, o Pequeno Cotolengo e o Centro Comunitário de Morretes, que também já se beneficiaram com o atendimento prestado pela UFPR, não é cobrado nada porque a Universidade coloca em prática sua responsabilidade social”.

O coordenador do Laboratório, Ernani Filho, que já publicou três livros sobre a temática, ressalta que parcerias com empresas/institutos permitirão que, num futuro próximo, seja ampliado o número de municípios do Paraná que terá suas águas subterrâneas analisadas. A ideia é, comenta ele, “investigar se estão contaminadas por agrotóxicos, já que o estado, apesar de ser o segundo maior produtor de grãos do Brasil (perde apenas para o Mato Grosso do Sul), é o que utiliza maior quantidade de agrotóxicos na produção agrícola”.

Obras publicadas sobre análises de águas no Paraná. Foto: Marcos Solivan

Mais informações sobre as ações desenvolvidas no Laboratório, por docentes e alunos de mestrado e doutorado, bem como por profissionais terceirizados, podem ser obtidas no site www.lph.ufpr.br.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]