UFPR e UTFPR vão coordenar no Paraná o projeto do maior observatório de raios gama de alta energia do mundo

23 fevereiro, 2021
21:01
Por
0
Ciência e Tecnologia

O observatório vai ajudar os cientistas na busca de respostas para questões da astrofísica e da cosmologia. Imagem: Gabriel Pérez Diaz.

A Universidade Federal do Paraná e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná vão coordenar a participação do estado no projeto do Cherenkov Telescope Array (CTA), que será o maior e mais sensível observatório de raios gama de alta energia do planeta. Os mais de 100 telescópios serão instalados nas Ilhas Canárias, no hemisfério norte, e no Chile, no hemisfério sul. Por enquanto, o projeto envolve 1500 participantes de instituições de 31 países.

Desvendar o Universo

Com o equipamento construído, os cientistas poderão buscar respostas para as principais questões abertas da astrofísica e da cosmologia atualmente. “Com o CTA em funcionamento iremos liderar pesquisas científicas como a detecção de fontes que emitem radiação gama em mais altas energias, a descrição de principais fontes aceleradoras de partículas cósmicas, detecção de matéria escura e instrumentação com inovação para a nova geração de telescópios. O progresso esperado nestes assuntos com os dados do CTA nos proporcionará novas descobertas sobre lugares e energias extremas do Universo”, explica a professora Rita de Cássia dos Anjos, membro do CTA na UFPR juntamente com o professor Carlos Henrique Coimbra Araújo.

O observatório vai ajudar a desvendar ambientes e fenômenos extremos da natureza. “Iremos olhar o Universo em radiação gama com energias nunca alcançadas anteriormente por nenhum observatório ou satélite. Isto nos trará respostas a grandes questionamentos que temos sobre o Universo, como a matéria e a energia escura, por exemplo”, revela a professora Rita, do departamento de Engenharia e Exatas do Setor Palotina da UFPR e integrante da Academia Brasileira de Ciências.

Mais de 100 telescópios serão instalados nos hemisférios norte e sul. Imagem: Gabriel Pérez Diaz.

UFPR

O papel da UFPR, da UTFPR e da Fundação Araucária é fortalecer o projeto do CTA no Paraná, buscando a participação de outras instituições do estado e financiamento para a construção do observatório. Segundo a professora Rita, a ideia também é “criar um hub de cérebros de pesquisadores na área de astrofísica e cosmologia da América Latina, com a internacionalização de estudantes e pesquisadores do CTA. (…) Apoiar este projeto será uma grande oportunidade dos pesquisadores de Instituições Paranaenses avançarem na carreira devido a intensa troca de experiências com os mais de mil pesquisadores de 32 países que integram o Observatório”.

Para saber mais

O projeto do Cherenkov Telescope Array (CTA) tem um site na internet, onde é possível saber detalhes sobre o projeto, o desempenho e a tecnologia do CTA, os raios gama e as fontes cósmicas, e sobre as questões científicas que o CTA buscará responder. Clique aqui para saber mais.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]