UFPR é a primeira do país em trabalho decente e crescimento econômico, segundo ranking THE Impact

29 abril, 2022
12:30
Por Lais Murakami
0
Ciência e Tecnologia

O Brasil está entre os 10 países com mais universidades presentes no ranking de impacto global elaborado pelo THE

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) ficou em quarto lugar no Times Higher Education Ranking (THE) Impact entre as instituições de ensino brasileiras. O ranking avalia as políticas internas e o compromisso com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. Na classificação geral de 2022, a UFPR está empatada com outras quatro universidades públicas na quarta posição nacional e aparece no extrato 301-400 entre as 1406 instituições avaliadas do mundo todo.

A UFPR se destaca com relação ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 8 – “Trabalho decente e crescimento econômico” –, aparecendo em primeiro lugar no Brasil e em 43º no mundo. A instituição também está em evidência nos ODS 7 – “Energia limpa e acessível” –, ODS 15 – “Vida terrestre” – e ODS 11 – “Cidades e comunidades sustentáveis” –, nos quais obteve as primeiras colocações entre as universidades federais brasileiras. Confira na tabela abaixo:

No ODS 8, a UFPR é a primeira colocada no Brasil e a 43ª no mundo, ocupando sozinha essas posições.  Já nos ODS 7, 11 e 15, a universidade está empatada com outras instituições nacionalmente e na 61ª e 99ª posições isolada nos ODS 7 e 15, respectivamente, no ranking global. Obs: exceto nos itens mencionados, há empate com outras universidades.

Globalmente, a melhor colocação da universidade ocorreu no ODS 8 – “Trabalho decente e crescimento econômico” – ficando na posição 43. No ODS 7 – “Energia limpa e acessível” –, classificou-se no 61° lugar; e no ODS 11 – “Cidades e comunidades sustentáveis” –, ficou na 99ª posição. O ODS 17 tem o peso de 22% e os demais, 26% na avaliação.

O ranking

Além do desempenho das universidades em pesquisa, a classificação utiliza indicadores para fornecer uma comparação abrangente e equilibrada em outras três áreas: administração, divulgação e ensino, sendo o ranking que melhor avalia a qualidade da gestão das instituições.

Ainda que os números relacionados à pesquisa também sejam considerados, as análises levam em conta, predominantemente, ações e políticas institucionais comprovadas por evidências. Para ser classificada, uma instituição precisa enviar evidências do ODS 17 – “Parcerias e Meios de implementação” – e pelo menos outros três.

A nota total das instituições é composta por quatro critérios: pesquisa, colaborações para suporte dos ODS, publicação de relatórios e educação para os ODS. A pontuação final na tabela geral é calculada combinando a pontuação no ODS 17 com as três principais pontuações dos ODS restantes.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]