UFPR disponibiliza 600 vagas para bicicletas

04 maio, 2012
13:54
Por Gustavo Santos
0
UFPR

Com a entrega de 600 novas vagas de estacionamento para bicicletas a UFPR inaugura uma nova fase no projeto de mobilidade urbana que inclui os programas ciclovida e carona solidária. Os paraciclos estão instalados em 36 pontos nos campi do Centro Politécnico e Jardim Botânico. Cada estacionamento tem um número diferente de vagas, que varia de acordo com o espaço e consta de estrutura metálica, na qual podem ser colocados cadeados. O objetivo é incentivar a comunidade acadêmica a adotar um meio de transporte econômico, saudável , não poluente e ainda fugir dos congestionamentos.

Módulo prestes a ser inaugurado

A solenidade que marcou a inauguração dos paraciclos foi no campus Jardim Botânico. Além do reitor Zaki Akel Sobrinho, participaram estudantes envolvidos nos programas de mobilidade, pró-reitores, diretores de setor, o coordenador do programa Ciclovida José Carlos Belotto e o coordenador do projeto Motorista legal Álvaro Pereira de Souza. O Ciclovida foi criado na UFPR há quatro anos e já teve diversas conquistas. Uma delas é a inclusão de um módulo sobre bicicleta no curso de Arquitetura. Também os alunos de Engenharia Civil terão a oportunidade de estudar sobre o assunto na disciplina de Mobilidade Urbana.

Na foto, o professor e orientador do design do projeto paraciclo Ken Flávio Ono Fonseca, o secretário municipal de trânsito Marcelo Araújo, o reitor Zaki Akel Sobrinho, os coordenadores do programa Ciclovida José Carlos Belotto e Iara Thielen, o vereador Jonny Stica, o pró-reitor de administração Paulo Krüger, o estudante e representante do projeto Carona Solidária Rafael Fusco e o coordenador do projeto Motorista Legal Álvaro Pereira de Souza

Para o reitor Zaki Akel, a UFPR está cumprindo o seu papel de gerar ideias novas e de transformar, de ofertar possibilidade para uma vida saudável. Zaki também lembrou a importância de ofertar vagas para bicicletas num momento em que a UFPR vem crescendo ano a ano, amplia o número de construções e tem mais pessoas circulando pelos campi. Anunciou também que nos próximos paraciclos haverá inclusive vestiário para os ciclistas.
VIDA SAUDÁVEL ─ O estudante Hudson Correia, do curso de Ciências Sociais faz pelo menos 15 quilômetros por dia de bicicleta e não vê problemas quando chove e faz frio. Conta que usa uma capa para sua proteção. No paraciclo da Reitoria diz que em alguns dias já não encontra vaga e então, a alternativa é procurar um poste para acorrentar a bicicleta. Hudson afirma ainda que nos últimos tempos tem percebido uma atenção maior dos motoristas para com os ciclistas nas ruas de Curitiba. Sem se preocupar com os congestionamentos, ajudar na redução da poluição, economizar combustível, praticar exercício, o único cuidado é com o consumo de banana para evitar câibras.

O estudante e usuário do paraciclo Hudson Correia

Nos próximos meses será enfatizado na UFPR o projeto carona solidária, desenvolvido pelo C7 ─ Conselho do Setor de Tecnologia. Através das redes sociais, os alunos vão ser estimulados a participar do programa. Os pontos de carona já estão definidos, nos centros acadêmicos do Centro Politécnico e no Setor de Ciências da Terra. O projeto, com a finalidade de reduzir carros no mesmo trecho já está funcionando desde o começo do ano, mas deverá ser ampliado, destacou o estudante de Arquitetura Rafael Fusco.

Veja a reportagem da UFPRTV:
http://200.17.241.76/content?vspace=1307&cid=20757752

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]