UFPR completa 100 anos

19 dezembro, 2012
12:41
Por
0
Ensino e Educação
Prédio Histórico da UFPR, que ganha fachada renovada

Prédio Histórico da UFPR, que ganha fachada renovada

A Universidade Federal do Paraná completa hoje, 19 de dezembro, um século. A semana do centenário está sendo repleta de eventos e comemorações em torno do aniversário da UFPR, e nesta quarta-feira mais uma celebração especial será realizada: uma sessão pública solene em homenagem à instituição, no Teatro Guaíra, às 20 horas.

Durante o evento, haverá uma apresentação do relatório de atividades deste ano, seguida da exibição de um vídeo institucional da UFPR. Serão entregues homenagens aos estudantes, professores e técnicos administrativos da Universidade, representados respectivamente pelo Diretório Central dos Estudantes, pelo docente ativo mais antigo e pelo técnico que trabalha há mais tempo na Universidade.

A cerimônia conta ainda com a recondução de Zaki Akel Sobrinho ao cargo de reitor da UFPR.  Após o evento, às 21h30, os participantes serão convidados a se dirigir à Praça Santos Andrade, onde será realizada a apresentação da fachada restaurada do Prédio Histórico, com uma iluminação especial cedida pela prefeitura.

A UNIVERSIDADE DOS PARANAENSES

O centenário da Universidade Federal do Paraná é uma data importante não só para os dirigentes, estudantes, professores, mas para os milhares de profissionais que passaram pela instituição e estão espalhados por todo Brasil e até em outros países. Tudo começou em 1912 quando as forças políticas, intelectuais e econômicas do Paraná se uniram.

O ciclo econômico da erva-mate exigia profissionais competentes e com habilidades complexas como engenheiros, advogados e médicos, fomentando a criação de uma instituição para promover a reflexão, a intelectualidade e os talentos necessários para uma sociedade em desenvolvimento.
Os paranaenses ousaram criar uma Universidade já com múltiplos e complexos cursos em áreas distintas do conhecimento humano na época, e foi por essa coragem que a UFPR é reconhecida como a mais antiga universidade em atividade no Brasil.
Federalizada em 1951, a UFPR alcançou os objetivos dos seus fundadores ao construir uma identidade educacional, cultural e cidadã para o Estado do Paraná. Hoje, associa tradição, modernidade e inclusão social no seu cotidiano, elementos indispensáveis para a excelência no ensino, na pesquisa, extensão e na construção de uma sociedade mais justa, humana e democrática.
A UFPR foi palco das manifestações durante o regime militar. Com o Ato Institucional nº 5 de 1964, vários professores e estudantes foram perseguidos e presos. O Diretório Central dos Estudantes foi fechado e as manifestações consideradas subversivas. Novo palco em 1992 com as manifestações pró-impeachment do presidente Fernando Collor de Melo.
O QUE MUDOU EM UM SÉCULO ─ A Universidade do Paraná iniciou com 97 alunos e cinco cursos superiores: Direito, Engenharia, Farmácia, Odontologia e Medicina. No ano do seu centenário, oferece mais de 112 habilitações na graduação e 111 cursos de mestrado e doutorado em todas as áreas do conhecimento, entre outras tantas oportunidades de aprimoramento para mais de 30 mil alunos, 2.280 professores e 3.640 técnicos administrativos. Alcançou o 7º lugar no Ranking Universitário Folha (RUF), a pesquisa realizada pelo jornal Folha de São Paulo, que avaliou 232 instituições de ensino superior, sendo 191 universidades e 41 faculdades ou centros universitários em quatro quesitos: pesquisa, ensino, reputação no mercado de trabalho e inovação.
Desenvolve com a comunidade inúmeros programas e projetos de extensão com foco nos direitos fundamentais da cidadania. Os professores, servidores técnico-administrativos e alunos são protagonistas no cenário da ciência, tecnologia e inovação. A UFPR também é a maior fonte de patentes do Paraná, com mais de 200 pedidos registrados.
A expansão da UFPR motivou a criação de múltiplos campi, com quatro em Curitiba e outros no interior do estado, em Pontal do Paraná, Matinhos e Palotina, compondo mais de 9.000 km² de área física. Disponibiliza atendimento à população em dois hospitais universitários em Curitiba, Hospital de Clínicas e a Maternidade Victor Ferreira do Amaral, e dois hospitais veterinários: um em Curitiba e um Palotina.
Esta Universidade revelou-se repleta de êxitos neste primeiro centenário, alcançando os sonhos de seus fundadores, ultrapassando suas fronteiras para contribuir com o progresso do Brasil e estendendo suas ações e reconhecimento para além dos limites da nação.

 

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]