UFPR assina convênio de intercâmbio internacional RED Salamanca

01 agosto, 2012
18:00
Por
0
Ensino e Educação

Representantes das 11 universidades que fazem parte do convênio - Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Paraná e mais 11 universidades assinaram a formalização da RED Salamanca, convênio de colaboração para o intercâmbio acadêmico-científico de estudantes de graduação, pós-graduação e docentes, com núcleo na Universidade de Salamanca (USAL). O evento foi na Reitoria da Universidade Federal de Ouro Preto, na segunda-feira (30).

Para a assinatura do convênio foram convidadas as instituições que a Universidade de Salamanca já mantinha relações mais estreitas de cooperação. Além disso, foram levados em consideração aspectos geográficos para democratizar o acesso e instituições de norte a sul do Brasil que fazem parte do convênio.

O reitor da Universidade de Salamanca, Daniel Hernández Ruipérez, afirmou que a partir da assinatura do convênio cria-se um núcleo de trabalho que vai pensar o modelo de intercâmbio entre as Universidades parceiras. “Queremos facilitar o trânsito entre as instituições, a troca de experiências e o aproveitamento das disciplinas cursadas pelos alunos de graduação, mestrado e doutorado”, declarou Ruipérez. Ainda segundo ele, o objetivo é respeitar as singularidades de cada universidade, ampliando as oportunidades de aprendizado dentro das grandes áreas, especialmente as Humanas e Sociais.

Para o reitor da UFOP, João Luiz Martins, a criação da rede já vem atrelada a uma perspectiva de crescimento para que o convênio inclua outras universidades europeias, entre elas, a Universidade de Coimbra, em Portugal. “A partir de agora teremos uma gama ainda maior de oportunidades de troca de conhecimentos, de mobilidade em pesquisa e ensino. É um passo importante para a Universidade, especialmente para os cursos das áreas de Humanas, que até agora ainda não são contemplados pelo programa Ciência sem Fronteiras do Governo Federal”, explicou o reitor.

João Luiz Martins também destacou que a assinatura do convênio faz parte do plano de internacionalização das universidades brasileiras. “Além de proporcionar aos nossos alunos e pesquisadores a oportunidade de vivência acadêmica no exterior, queremos também que as Instituições brasileiras de tornem destino de referência para os estudantes estrangeiros, fortalecendo e ampliando, assim, a produção científica em nosso país.”

A RED Salamanca é fruto de uma menção concedida à Universidade de Salamanca pelo Ministério de Educação do Governo da Espanha em 2010, com a titularidade de Campus de Excelência Internacional “Studii Salamantini”, notadamente em duas áreas do conhecimento: as Biociências e o Espanhol, permitindo a criação de uma rede com universidades brasileiras e europeias.

Veja abaixo a lista de Universidades que compõem a RED Salamanca:

Universidade de Salamanca (USAL)
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Estadual de São Paulo (UNESP)
Universidade Federal do Rio Janeiro (UFRJ)
Universidade Federal Fluminense (UFF)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
Universidade Federal do Paraná (UFPR)
Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]