logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR apresenta experiência com cotas para estudantes com deficiências em encontro de universidades federais

O pró-reitor de Graduação, Eduardo Barra, e a coordenadora do Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Especiais (Napne), professora-doutora Laura Ceretta Moreira, estão em Brasília para apresentar a experiência da UFPR com as cotas (reserva de vagas) para estudantes com deficiência. A UFPR adota essa politica desde 2008 e a partir deste ano, por força de uma lei sancionada em 2016, todas as universidades federais deverão reservar vagas para pessoas com deficiência.

A apresentação acontece na reunião do Colégio de Pró-Reitores de Graduação da Associação Nacional de Dirigentes das Universidade Federais (Cograd/Andifes), que começou na segunda-feira (5) e termina nesta terça (6).

De acordo com Barra, há grande interesse das demais universidades em conhecer a experiência da UFPR nesta área. “A maioria delas não possui reserva de vagas para este público ou não desenvolveu instrumentos conceituais e operacionais para implementação desta política’, comentou o pró-reitor de Graduação.

Na UFPR, desde 2008

Na Universidade Federal do Paraná, esta política foi criada em 2008 por meio da Resolução 70/08, do Conselho Universitário (Coun), que estabelece a destinação de uma vaga para estudantes com deficiência em cada curso da UFPR. Pela alteração introduzida na Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, pela Lei nº 13.409, de 28 de dezembro de 2016, as universidades federais deverão reservar, a partir deste ano, um quantidade de vagas para estudantes com deficiência igual ao percentual ao identificado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de pessoas nas mesmas condições no último censo.

No Paraná, o IBGE aponta que 21,86% da população tem algum tipo de deficiência. Portanto, nos próximos processos seletivos da UFPR – vestibular e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu)  – será ofertado um número de vagas correspondente a esta porcentagem.

pt_BRPortuguese