logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

UFPR amplia transparência e aproximação com a comunidade

A Universidade Federal do Paraná vem tomando uma série de iniciativas para ampliar a transparência e aproximar-se da comunidade, tanto interna quanto externa.

Uma das novidades adotadas na gestão do reitor Ricardo Marcelo Fonseca, iniciada em dezembro, é a criação da Diretoria de Apoio aos Campi Avançados, em substituição à antiga Coordenação de Expansão e Infraestrutura de Novos Campi. A nova estrutura visa estreitar o contato entre os cinco campi localizados fora de Curitiba (Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina, Pontal do Sul e Toledo) e ampliar o diálogo entre a administração central e essas unidades, que abrigam cerca de 6 mil pessoas, entre alunos, professores e servidores técnico-administrativos.

Visando a aproximação com a comunidade, a UFPR também anunciou este ano a descentralização do Festival de Inverno – que, além da programação tradicional em Antonina, passará a ter atividades culturais também em Pontal do Paraná, Matinhos e Paranaguá (cidades que abrigam sedes da UFPR). A 27ª edição do festival acontecerá de 14 a 19 de julho.

Transparência

A preocupação com a transparência é um ponto central da gestão do reitor Ricardo Marcelo. Logo no início do ano ele determinou a criação do Comitê de Governança de Bolsas e Auxílios, que trabalha na elaboração de um plano para aperfeiçoar os processos de inclusão, gestão e pagamento de bolsas e auxílios. O plano prevê uma série de medidas que, em última análise, vão reduzir ao mínimo possível a intervenção humana nesses processos, tornando-os mais confiáveis e transparentes.

Também está em fase de desenvolvimento, com conclusão prevista para o fim do ano, o Plano de Dados Abertos da UFPR. A meta é que até abril de 2018 todas as informações de interesse público relacionadas à Universidade estejam disponíveis aos cidadãos na internet, de forma rápida, clara e fácil.

Campanhas

A UFPR desenvolveu este ano uma campanha para inibir atitudes violentas, ofensivas e discriminatórias durante a recepção aos novos alunos da instituição. Por meio de cartazes e postagens na internet, a campanha mostrou o trote como um momento de integração e alegria e colocou um telefone e um endereço de email à disposição da comunidade para denúncias de abusos.

Outra campanha lançada nos primeiros meses do ano foi a #Valoriza UFPR, que vem mostrando a importância da UFPR para a sociedade paranaense e brasileira. A campanha divulga o trabalho de professores, servidores, alunos e ex-alunos que de alguma maneira se destacam na universidade ou fora dela, a partir da formação recebida na UFPR.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...