logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Ridesa realiza encontro na UFPR para discutir o futuro da cana-de-açúcar no país

O reitor Zaki Akel Sobrinho durante reunião da Ridesa no campus Agrárias - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Nesta terça-feira (24), o reitor Zaki Akel Sobrinho recebeu na UFPR reitores de universidades federais e coordenadores técnicos que participam da Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroalcooleiro (Ridesa), que realiza pesquisas de melhoramento em cana-de-açúcar, tanto na questão energética (produção de álcool combustível), quanto alimentar (produção de açúcar e seus derivados), entre outros aspectos. Nesta reunião eles debatem os novos rumos da Ridesa e da cultura da cana-de-açúcar no país.

A rede, formada há 20 anos, é uma parceria entre dez universidades federais (Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Piauí, São Carlos, Sergipe, Viçosa e as rurais de Pernambuco e Rio de Janeiro), contribuindo com pesquisas que têm propiciado o desenvolvimento de novas variedades (RBs). No Paraná, a cana desenvolvida pela Ridesa representa aproximadamente 80% da produção do Estado.

O presidente da Ridesa, Edward Madureira Brasil (esq.), e o coordenador geral Edelclayton Daros - Foto: Rodrigo Juste Duarte

O encontro teve início às 10 horas, no auditório do Departamento de Fitotecnia e Fitossanitarismo do Setor de Ciências Agrárias da UFPR. Entre as pautas apresentadas pela manhã, estava uma apresentação do atual cenário da força de trabalho, que precisa de uma renovação, tendo em vista a idade avançada em que se encontram boa parte dos profissionais, professores, pesquisadores e técnicos ligados ao projeto. “Esse é um dos temas principais da nossa pauta: como poderemos captar mais pessoal para trabalhar nos projetos, tanto através do Ministério da Educação quanto pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação”, apontou o reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, que também citou a necessidade de fazer a Ridesa ter mais visibilidade entre os representantes do poder público. “Precisamos mostrar ao governo o papel estratégico deste projeto. Já tivemos uma primeira reunião com a ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann e vamos agendar uma segunda. Queremos apresentar para ela um projeto sobre o futuro da cana-de-açúcar”

Reunião da Ridesa no campus agrárias - Foto: Rodrigo Juste Duarte

O Presidente da Ridesa e reitor da UFG (Universidade Federal de Goiás) Edward Madureira Brasil se mostrou preocupado, entre outras questões, quanto à competitividade do álcool como fonte de combustível renovável e sustentável como alternativa aos combustíveis fósseis. “Atualmente há uma aproximação perigosa do preço do álcool em relação ao preço da gasolina, tornando o álcool menos competitivo. Uma das soluções para isso certamente é o avanço na tecnologia do desenvolvimento de cultivados mais produtivos. Da parte agronômica e industrial, estamos reunidos hoje aqui para pensar o futuro da cana-de-açúcar em nosso país”, afirma o presidente. “A reunião tem também um caráter de prevenção a futuros problemas da cultura da cana. As universidades estão cada vez mais fortes e coesas no sentido de desenvolver tecnologia que faz com que os produtores de cana sejam mais competitivos, que os industriais sejam mais construtivos e que também o consumidor tenha os produtos da cana de forma mais acessível”, completa.

As reuniões são realizadas pela manhã e à tarde  até as 17h30 desta quarta-feira (25).

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...