Restaurantes Universitários da UFPR terão 35 novos colaboradores para aprimorar atendimento aos usuários

09 março, 2018
18:32
Por
0
UFPR

A reunião de hoje entre as Pró-Reitorias, o RU e o DCE: solução para o problema dos restaurantes pelo diálogo. Imagem: Samira Chami Neves.

Os quatro restaurantes universitários da UFPR em Curitiba ganharão 35 novos colaboradores, a partir da próxima semana, para aprimorar a qualidade do atendimento aos usuários. Ainda com este objetivo, a UFPR e a Direção do RU – em parceria com o Diretório Central dos Estudantes (DCE) – também vão promover uma ampla pesquisa com a comunidade universitária para avaliar a qualidade dos restaurantes.

O aprimoramento da qualidade dos RUs foi debatido hoje (dia 9) durante reunião da  Executiva e dos Conselhos do Diretório Central dos Estudantes (DCE) com a pró-reitora de Assuntos Estudantis, Maria Rita de Assis César; o pró-reitor de Administração, Marco Cavalieri; e Lucyanne Correia, servidora da PRA e fiscal do contrato firmado entre a UFPR e a Blumenauense – empresa que, há 19 dias, atua nos RUs.

Contratações e pesquisa

Os quatro restaurantes da UFPR voltaram a operar no dia 19 de fevereiro, mas apresentaram problemas no seu funcionamento devido à insuficiência de colaboradores. Porém, apenas uma semana depois de constatar o problema, a fiscal do contrato percorreu todos os RUs (Central, Politécnico, Agrárias e Botânico) para levantar a demanda e determinou imediatamente, com o apoio da Reitoria e do DCE, a contratação de novos trabalhadores o mais rapidamente possível. Serão 35 auxiliares de cozinha e cozinheiros.

Paralelamente às contratações, as Pró-Reitorias, a Direção do RU e o DCE vão promover uma ampla pesquisa para avaliar a qualidade dos restaurantes. Esta pesquisa já está prevista no contrato firmado com a Blumenauense e será efetivada o mais rapidamente possível, assim que as ferramentas e as questões a serem apuradas na sondagem forem definidos. A ideia é promover uma ampla e permanente consulta aos alunos e à comunidade universitária para avaliar a qualidade dos RUs.

Solução pelo diálogo

A pró-reitora de Assuntos Estudantis, Maria Rita de Assis César, destacou a importância do diálogo com os estudantes para resolver o problema da falta de funcionários. “Este canal de diálogo que os estudantes têm com as Pró-Reitorias é fundamental para que possamos garantir o que é essencial para eles, no caso, uma alimentação de qualidade, com três refeições por dia, em um ambiente com higiene e segurança, cumprindo todas as normas do contrato firmado com a empresa”, avaliou.

Para Maria Rita, o diálogo permanente com os estudantes tem sido uma ferramenta indispensável utilizada pela gestão da UFPR para administrar a Universidade com qualidade. No caso do RU, ela disse que o diálogo foi fundamental para garantir a solução de um problema que estava causando filas e alguns transtornos aos estudantes e à comunidade universitária. Maria Rita destacou a importância da pesquisa que será feita para avaliar a qualidade dos RUs. “Vamos fazer a pesquisa como um modo de envolvermos toda a comunidade universitária, de forma democrática. Para isso, a presença do DCE será fundamental. O DCE será nosso guia para formularmos as questões e entendermos as necessidades dos estudantes”.

Reunião produtiva

A estudante de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia Lays Camargo Pederiva, integrante dos Conselhos do DCE e suplente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e do Conselho Universitário (COUN), disse que a reunião foi produtiva. “A reunião foi produtiva no sentido de fazer com que todos os problemas do RU sejam resolvidos em função da mudança de empresa. Melhorar a qualidade do RU é de interesse dos estudantes. Por isso, precisamos participar de todas as discussões neste sentido”, avaliou.

A fiscal do contrato firmado entre a UFPR e a Blumenauense e coordenadora de Nutrição do RU, Lucyanne Correia, disse que a reunião foi importante porque os alunos conseguiram fazer uma boa avaliação inicial dos problemas enfrentados pelo RUs. “Eles conseguiram nos passar uma ideia ampla do que está acontecendo. Nós já havíamos observado a falta de funcionários. Assim que constatamos este problema, solicitamos à empresa que contratasse mais trabalhadores”, disse. “Como coordenadora de Nutrição do RU, a minha preocupação também é que a refeição tenha qualidade, incluindo a higiene e a segurança dos funcionários”.

 

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]