logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Público interage com personagens do Boi Mamão de Mandicuera

Apresentação do espetáculo Boi de Mamão do Mandicuera - Foto: Marcos Solivan

Uma apresentação, em frente ao Theatro Municipal de Antonina. do Grupo Boi Mamão do Mandicuera, integrou a programação do 23º Festival de Inverno da UFPR, realizado em Antonina de 13 a 20 de julho. O espetáculo, com duração de uma hora e permeado por muita música, fala da morte de Pai Matheus, após levar uma chifrada do boi durante uma brincadeira. Os personagens – Mariola, delegado, cavalinho, pau de fitas, balainhas, entre outros – acodem o morto e chamam o doutor girão para ressuscitá-lo. No final, o bem triunfa: Pai Matheus é ressuscitado.

O público, desde o início, interagiu com os 22 integrantes do Grupo, formado em 2004, com o objetivo de promover a preservação da cultura caiçara. Entre as atividades desenvolvidas pelos membros do “Boi de Mamão”, que pela primeira vez participa do Festival da UFPR, está a confecção de instrumentos musicais (rabeca e viola), fazem apresentações do terço cantado, promovem bailes uma vez por mês, e administram uma fábrica de farinha. A coordenação do Grupo, oriundo da Ilha de Valadares, em Paranaguá, está a cargo de Eloir Paulo Ribeiro de Jesus, mais conhecido como Poro.

Celsina Favorito

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...