Projeto de Palotina que utiliza aquários para promover o aprendizado é pioneiro no Brasil

17 outubro, 2017
09:36
Por Lais Murakami
0
Extensão e Cultura

Utilizar aquários como ferramenta para promover conhecimento sobre Ciências Biológicas e despertar o interesse de estudantes do Ensino Fundamental é o objetivo do Projeto de Extensão Aquariologia Nas Escolas da UFPR Setor Palotina. A iniciativa aproxima as crianças do fascinante ambiente aquático por meio da interação com peixes e da construção e cuidado de aquários em sala de aula.

Criado em 2010, o trabalho é pioneiro no Brasil e já atendeu cerca de 40 escolas em Palotina e cidades vizinhas como Maripá e Nova Santa Rosa, localizadas na região oeste do Paraná. Os estudantes mantêm o aquário na sala de aula por alguns meses e ficam responsáveis por ele e pelos peixes nesse período.

As atividades consistem na montagem de um aquário pelas crianças; aulas didáticas, práticas e lúdicas; noções de responsabilidade no cuidado com a água, peixes e outros organismos aquáticos; incentivo à preservação ambiental dos rios e mananciais da região. Ao final do trabalho, os estudantes participam de uma visita ao Aquário Municipal de Toledo.

Foto: Arquivo Pessoal

O coordenador do projeto, Leandro Portz, destaca que muitas das crianças que participam da iniciativa acabam despertando interesse em estudar Biologia ou Engenharia de Aquicultura no futuro. “Depois que os alunos passam pelo projeto, não se esquecem mais dos aprendizados sobre o tema. Muitos são filhos de produtores rurais e passaram a também criar peixes”.

Além de Portz, Ademir Heldt – vice-coordenador -, alunos de graduação, professores de escolas e a Secretaria de Educação ajudam a concretizar o projeto que foi eleito, em 2016, o quinto melhor no País na área temática da Educação. A avaliação é do Programa de Extensão Universitária (ProExt), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). Grande parte dos insumos para a realização das atividades é fornecida pela empresa Alcon.

As escolas participantes são selecionadas anualmente. No momento, o projeto está atendendo as últimas escolas de Palotina que ainda não haviam sido contempladas. A partir de 2018, outras instituições – indicadas pela Secretaria da Educação – serão atendidas.

Foto: Arquivo Pessoal

Trabalho Social

Outro objetivo do projeto é identificar e atender, como forma de terapia assistida por animais, crianças de escolas e abrigos de menores com distúrbios comportamentais como ansiedade, déficit de atenção, dislexia, hiperatividade, estresse, descontrole emocional e traumas.

Nesse sentido, a iniciativa atende crianças que frequentam a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) ou estão sob tutela judicial em abrigos. Um dos locais contemplados é a Casa Lar de Palotina, que ampara crianças de cinco meses a 17 anos de idade que estão sob a tutela do Estado, aos cuidados do município, por violação de direito.

“Na Casa Lar o projeto tem trazido grandes resultados, pois trabalha com crianças carentes de atenção e que têm uma estima muito grande pelos integrantes do programa e pelos peixes que recebem”, conta Portz.

Foto: Arquivo Pessoal

Importância

Segundo o coordenador, o uso do aquário como modelo biológico de interação e equilíbrio ambiental é muito utilizado em escolas de países como Alemanha, Estados Unidos e Japão. No Brasil esta metodologia geralmente só é usada em escolas particulares de alto padrão, devido ao seu elevado custo de implantação.

Além dos bons resultados com crianças, o projeto desperta para a importância dessa atividade na formação profissional dos futuros acadêmicos dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Biologia, Engenharia de Aquicultura, Tecnólogos de Aquicultura, e pós-graduandos do curso de Mestrado em Aquicultura e Desenvolvimento Sustentável, todos no Setor Palotina, além de acadêmicos de Medicina do Campus Toledo.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]