logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Projeto criado na UFPR é finalista do Prêmio Jovens Inspiradores 2014

crianças em uma das escolas atendidas pela ONG. Foto cedida pela ONG

Nascida na UFPR, a ONG curitibana ASID (Ação Social para Igualdade das Diferenças) está entre os dez finalistas do Prêmio Jovens Inspiradores 2014 da VEJA.com. O fundador e diretor de projetos da ação, Alexandre Amorim, foi escolhido pelo júri especializado entre 5 mil empreendedores inscritos de todo o País. Serão premiados quatro jovens – três por escolha do júri e um por voto popular. O público poderá escolher a melhor iniciativa até o dia 7 de dezembro no site www.jovensinspiradores.com.br/premio2014.

 “Este tipo de iniciativa como o Prêmio Jovens Inspiradores é fundamental para o fortalecimento e crescimento da ASID, pois é a coroação de um trabalho bem feito e uma chancela que traz credibilidade junto a novos investidores e parceiros”, avalia Alexandre Amorim.

Os dez finalistas receberão troféus como reconhecimento por terem chegado à última etapa do concurso. Os quatro vencedores ganharão bolsas de estudo no exterior e orientação profissional com nomes de destaque do mercado (mentoring) durante um ano. Os seis demais finalistas poderão participar de um programa de orientação de carreira com duração de dois meses.

A etapa que escolheu os finalistas do PJI 2014 foi realizada na sede da Editora Abril, em São Paulo. Participaram das atividades 25 semifinalistas, escolhidos entre os 5.218 de candidatos inscritos. O evento de premiação final será realizado no dia 8 de dezembro.

Sobre a ASID: A ASID começou como um trabalho de graduação na UFPR, no ano de 2008. Foi ideia de Alexandre Amorim, aluno do curso de Administração, que se inspirou na sua própria irmã, que tem Síndrome de Down. Na época, ele constatou a dificuldade de encontrar vagas para portadores de necessidades especiais em escolas públicas de Curitiba. Com base em conhecimentos da disciplina de Empreendedorismo e orientação da Escola Junior, Alexandre e Luiz Hamilton Ribas, este aluno de Economia da UFPR à época, passaram o ano de 2009 estudando a área da educação especial.

A organização sem fins lucrativos trabalha desde então para melhorar a qualidade de ensino e a gestão nas escolas de educação especial gratuitas, resultando na abertura de vagas no sistema. Já são 24 as instituições beneficiadas em Curitiba e Região Metropolitana. A ASID também atua com projetos em Cubatão (SP), Foz do Iguaçu (PR) e Joinville (SC).

O trabalho é totalmente gratuito para as escolas. Depois da aplicação do Índice de Desenvolvimento da Educação Especial (IDEE), metodologia desenvolvida pela ONG que permite traçar o diagnóstico de cada escola de educação especial, a ASID traça o plano de ação, que envolve desde a capacitação dos gestores até a execução de obras nas escolas. Os principais projetos são:

Mão na Massa: obras realizadas nas escolas a partir de voluntariado corporativo. Participam trabalhadores e empresários das empresas parcerias, estudantes e familiares, além da comunidade do entrono das escolas, em um verdadeiro trabalho social transformador.Cursos são  ministrados por profissionais das empresas parceiras que são especialistas em áreas estratégicas para as escolas, como finanças, administração e marketing, por exemplo. Os gestores das escolas são capacitados para que possam melhorar a gestão das instituições.

A ASID tem atuação direta nas áreas da gestão escolar que necessitem de melhorias, entre elas jurídico, financeiro, recursos humanos, marketing, liderança e captação de recursos.Cada projeto conta com um ou mais investidores sociais, grandes empresas que entram com recursos e voluntários para a realização das ações. O dinheiro vem também de campanhas como a Especial, da qual participam atualmente 45 dos melhores estabelecimentos gastronômicos de Curitiba. Parte da venda de determinados itens dos cardápios é revertida para as ações nas escolas de educação especial. No caso de buffet por quilo, os restaurantes participam com valores mensais.

Em 2013, a ONG foi vencedora da 5ª Edição do Prêmio Empreendedor Social de Futuro, promovido pelo jornal Folha de S.Paulo, considerado o maior da América Latina na categoria. Em fevereiro recebeu pela segunda vez consecutiva o Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável. No mês de agosto foi selecionada com outras 15 iniciativas sociais de todo o mundo para o Programa Global de Fellowship da Yunus&Youth, que objetiva orientar e capacitar jovens empreendedores sociais, de modo a impulsionar suas organizações. Para participar do programa da Yunus&Youth, a ASID concorreu com 92 projetos de todo o mundo.

 

 

Sugestões

Post de Evento
Vai ser publicado um Edital sobre ……
Pré-Vestibular Comunitário da UFPR está com vagas remanescentes abertas
O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná...
Provar 2024: UFPR tem 804 vagas abertas em cursos de graduação, inscrições até 11/08
Esta é a última semana para inscrição de interessados em uma das 804 vagas em cursos de graduação oferecidas...
Mestrado acadêmico em Enfermagem recebe inscrições
O Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Paraná oferece 24 vagas para o curso...