logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Programação paralela do 32º SEURS traz reunião com fundações de apoio e debate sobre revistas de divulgação

Abertura do 32º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul – SEURS - foto Ana Assunção
Abertura do 32º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul - foto Ana Assunção

A programação paralela do 32º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (SEURS) contou nesta quarta-feira com uma reunião com fundações de amparo à ciência. Com o público majoritariamente de Pró-Reitores das universidades participantes do seminário, discutiu-se temas relacionados às atuais formas de financiamento à pesquisa e como avançar em contemplar melhor os projetos de extensão.

Participaram da mesa Edison Rosa, Presidente regional do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras (FORPROEX), Paulo Roberto Brofman, Presidente da Fundação Araucária, e Deborah Bernett da Silva, representando a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC).

Rosa falou do espaço que a extensão tem ganhado nos últimos tempos e do reconhecimento das esferas governamentais. Também lembrou da trajetória do seminário. “Chegamos ao 32º SEURS, são 32 anos na estrada divulgando este importante campo de trabalho, que a cada dia mostra-se mais importante para a sociedade brasileira” completou.

Brofman apontou a importância das parcerias com as fundações de apoio para os programas de pesquisa. “Na última avaliação trienal a região sul, fruto dessa relação com as fundações, foi a melhor qualificada”. Na avaliação os programas da região foram os que tiveram maior percentual de aumento de notas e o menor de diminuição e de permanência no mesmo nível, segundo avaliação da Capes.

Os presentes debateram a importância da extensão e a sua ligação com a pesquisa e o ensino. Segundo Remi Shorn, Pró-Reitor de Extensão da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), aproximar mais professores do extensionismo deve ser um objetivo das instituições: “o compromisso com a pesquisa só aumenta com a extensão, precisamos buscar trazer também os professores que não são extensionistas, mostrando a contribuição que isto pode trazer para a pesquisa.”

Divulgação científica

Também parte da programação paralela, o Fórum das Revistas de Extensão, reuniu editores para trocar experiências sobre periódicos de divulgação dos projetos. Segundo Nadia Gonçalves, coordenadora do projeto História da extensão na UFPR, “a extensão pressupõe produção de conhecimento, é importante sistematizar resultados e metodologias e divulgar isto para a comunidade”. Ela também destacou a importância das revistas como forma de memória das iniciativas.

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...