logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Programa de Pós-Graduação em Química da UFPR celebra 25 anos e nota máxima na avaliação da CAPES

O Programa de Pós-graduação em Química (PPGQ) da UFPR celebra  25 anos de atividades de formação de mestres e doutores em Química. Para comemorar o Jubileu de Prata, que coincide com a conquista da nota máxima na avaliação da Cape,  foi organizado o evento “Celebração dos 25 anos do PPGQ/UFPR”, que ocorre nos  dias 21 e 22 de setembro, no Auditório Gralha Azul, Departamento de Farmácia.

Para a reitora em exercício, professora Graciela Inês Bolzón de Muniz,  o os resultados das avaliações da Capes são importantes, pois apontam os erros, os acertos e os caminhos que a universidade deve seguir para alcançar a excelência.  A professora ainda lembrou do momento em que os primeiros cursos de pós-graduação foram iniciados na instituição e o crescimento que a UFPR nesse sentido, tendo hoje, 82 cursos de pós-graduação que ofertam mestrado ou doutorado.

Luiz Pereira Ramos, vice- coordenador do curso de pós-graduação em Química da UFPR, lembrou que este é “um momento de conclusão de uma importante caminha, que, com muita satisfação nos levou ao conceito 7 perante a Capes, que equivale a maior nota que pode ser atribuída e mostra a excelência de nosso Programa de Química. Nós atingimos a condição de melhor instituição de Pós-graduação em Química no sul do Brasil e 5ª nacional” – lembrou o professor Luiz Pereira Ramos, coordenador do evento e vice-coordenador do curso de pós-graduação em Química da UFPR.

A programação do evento conta com palestras e workshops com pesquisadores da  Universidade Federal do Paraná (UFPR) , Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Presbiteriana Mackenzie, Universidade de Brasília (UnB), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR),  Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), empresa Fibria, ong Target, além da presença da Coordenadora Adjunta da Área da Química na CAPES , professora Maysa Furlan.

 

pt_BRPortuguese