logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Professor Flávio Zanette recebe homenagem do governo italiano por seu trabalho na UFPR

Professor Flávio Zanette durante a cerimônia de entrega das comendas do governo da Itália. Imagem: Arquivo pessoal
Professor Flávio Zanette durante a cerimônia de entrega das comendas do governo da Itália. Imagem: Arquivo pessoal

Na última terça-feira, dia 9 de junho, o professor Flávio Zanette, bolsista sênior da Pós-Graduação em Agronomia – Produção Vegetal (PGAPV), do Setor de Ciências Agrárias da UFPR, recebeu a comenda de Cavaleiro da Ordem da Estrela da Itália, homenagem concedida pelo governo italiano a cidadãos com méritos especiais na promoção de relações amistosas e de cooperação entre a Itália e outros países. O evento foi realizado na Associação Giuseppe Garibaldi, em comemoração ao 69º aniversário da República Italiana e o professor recebeu o título das mãos do cônsul geral da Itália em Curitiba, Enrico Mora.

Na ocasião, outras três comendas foram entregues, a homenageados do Paraná e de Santa Catarina, por bem-feitorias nas áreas de cooperação cultural e empresarial. Apenas Zanette recebeu o reconhecimento na área científica, por seu trabalho de 30 anos na pesquisa da araucária, desenvolvida na UFPR. Ainda como aluno de graduação em Agronomia na Universidade, o professor foi bolsista do consulado geral da Itália em Curitiba e, em 1972, concluiu sua especialização em agricultura tropical e subtropical na Universidade de Firenze. Segundo o professor, essa experiência em Firenze foi fundamental para ter contato muito cedo com temas como a preservação ambiental, que só viria a entrar em discussão no Brasil cerca de 15 anos depois.

“Ter a trajetória reconhecida é de uma satisfação enorme, um sentimento de dever cumprido”, conta o professor. “Como educador, ter um atestado de que o caminho que você está percorrendo é o caminho certo é muito bom”. Segundo ele, mais do que uma homenagem, o título é um encorajamento para continuar com o trabalho científico.

As pesquisas desenvolvidas pelo professor na UFPR geraram, entre outros frutos, o pinheiro de proveta, que veio ajudar a combater a extinção da espécie (Araucaria augustifolia). Atualmente, Zanette orienta seis doutorandos e dá duas disciplinas na PGAPV.

Para saber mais sobre o trabalho do professor, veja os links abaixo:

Pinhas gigantes vão gerar 500 mudas de araucária

Pesquisas da UFPR com pinheiro são destaque nacional

UFPR distribui 1.500 mudas de araucária

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...