logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Portal para professores criado pela UFPR, voltado à troca de conteúdos, será disponibilizado pelo MEC

O Centro de Computação Científica e Software Livre da UFPR (C3SL) está desenvolvendo um portal de internet para professores dos ensinos fundamental e médio, inédito no Brasil, dotado de uma ferramenta de busca e troca de conteúdos pedagógicos mais ágil e eficaz que as atuais.

Resultado de convênio firmado entre o Setor de Ciências Exatas da UFPR e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o projeto começou a ser executado em novembro do ano passado, com recursos da ordem de R$ 1 milhão, e está em fase experimental. A ferramenta estará pronta em novembro deste ano.

Na terça-feira (dia 7), o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, e o presidente do FNDE, Idilvan Alencar, receberam uma comitiva da UFPR para conhecer o projeto e o C3SL. O grupo foi formado pelo reitor Zaki Akel Sobrinho; o diretor do Setor de Ciências Exatas, Marcos Sfair Sunye; o coordenador do projeto, Eduardo Todt; os integrantes da Coordenação de Políticas de Formação de Professores (Copefor) da Pró-Reitoria de Graduação da UFPR Gláucia Brito e Maurício Requião; e o professor do Departamento de Informática Marcos Alexandre Castilho.

“Com este projeto, a UFPR comprova sua vocação e seu compromisso de oferecer soluções de interesse da sociedade”, afirmou Zaki  Akel Sobrinho. O reitor da UFPR disse que o portal traz grande vantagem em relação aos demais: sua ferramenta de busca é mais rápida e eficaz porque, tomando como base outras páginas de internet, centraliza conteúdos dispersos na rede.

Troca de informações

Além disso, possibilita a troca de informações entre os professores e que docentes (chamados de curadores) façam seleções e recomendações de conteúdos específicos, por exemplo, para todas as disciplinas estudadas em cada série dos ensinos fundamental e médio.  Inicialmente, o portal será hospedado pela UFPR e depois seu domínio será assumido pelo MEC.

Sunye destacou a importância da parceria que o Setor de Ciências Exatas desenvolve há sete anos com o FNDE tanto na formação de professores quanto em projetos de tecnologia educacional. O do portal dos educadores, segundo ele, é importante porque  facilita o trabalho do professor. “Quem usa a internet como ferramenta de ensino quer qualidade, mas o ranqueamento destas informações não é simples. Os professores-curadores do portal simplificam muito esta tarefa”, avaliou.

Por Aurélio Munhoz

Sugestões

Post de Evento
Vai ser publicado um Edital sobre ……
Pré-Vestibular Comunitário da UFPR está com vagas remanescentes abertas
O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná...
Provar 2024: UFPR tem 804 vagas abertas em cursos de graduação, inscrições até 11/08
Esta é a última semana para inscrição de interessados em uma das 804 vagas em cursos de graduação oferecidas...
Mestrado acadêmico em Enfermagem recebe inscrições
O Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Paraná oferece 24 vagas para o curso...