logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Pibid investe R$ 4,8 milhões por ano na UFPR, revela coordenador do projeto, em reunião com reitor Zaki Akel Sobrinho

Silveira (à. dir.), ao lado de Zaki, Joanez e Barra (à esq.): investimento maciço na UFPR. Foto: Ana Assunção/ACS da UFPR.

O coordenador do Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência) junto à Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Helder da Silveira, informou nesta quinta-feira (8) que o projeto investe R$ 4,8 milhões por ano em bolsas e custeio na UFPR (Universidade Federal do Paraná). A informação foi apresentada ao reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, depois da visita técnica que Silveira fez a mais de trezentos participantes do projeto, à tarde.

“Conversando com os alunos, professores e coordenadores de área que participam do Pibid na UFPR, senti um grande compromisso deles com as licenciaturas. Eles estão entusiasmados e querem que as licenciaturas tenham cada vez mais expressividade’, comentou Silveira, que estava acompanhado da coordenadora institucional do Pibid na UFPR, Joanez Aires, e do diretor do Setor de Ciências Humanas, Eduardo Barra.

Participam do Pibid na UFPR quinhentos alunos de cursos de licenciatura que recebem bolsas de estudo da Capes, setenta professores e quarenta coordenadores de área. O projeto é desenvolvido também com a participação de cinquenta escolas estaduais e municipais em Curitiba e cresceu mais de três vezes desde o início das suas atividades na UFPR. Em 2010, quando começou, o Pibid tinha 150 bolsistas; agora, são quinhentos. O investimento neste período supera R$ 10 milhões.

Formação de professores

Zaki Akel Sobrinho elogiou a importância do programa e destacou o papel da UFPR na formação de professores. “Nós temos nos esforçado para ser plataforma de todos os programas de formação de professores. Por isso, somos um polo de formação no Sul do País. A idéia de uma Universidade que forma bons professores e interage com a sociedade é uma obsessão para nós”, comentou.

O Pibid objetiva apoiar a formação de estudantes dos cursos de licenciatura e contribuir para elevar a qualidade da educação básica nas escolas públicas. O projeto começou a operar em 2009, com três mil alunos; agora, tem noventa mil. O programa está estruturado em subprojetos definidos por área de conhecimento, coordenados por um professor dos cursos de licenciatura. As equipes de cada subprojeto são constituídas por estudantes de graduação e professores das escolas públicas de educação básica, na proporção de um professor e 10 estudantes de uma mesma área por escola. O programa é mantido pela Diretoria de Educação Básica da Capes.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...