logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Pesquisadores da UFPR integram projeto de Metropolização e Megaeventos

No final de fevereiro, professores e alunos da UFPR ligados ao projeto “Metropolização e Megaeventos: impactos da Copa/2014 e Jogos Olímpicos/2016”, participaram de uma reunião no Centro Politécnico com auditores da Secretaria de Controle Interno da Presidência da República. A visita da auditoria buscou identificar possíveis violações de direitos humanos em decorrência dos preparativos para a Copa do Mundo 2014.

Obras da Arena da Baixada em Curitiba
Obras da Arena da Baixada em Curitiba

O projeto “Metropolização e Megaeventos: os impactos da Copa/2014 e Jogos Olímpicos/2016” está vinculado ao Observatório das Metrópoles, um instituto virtual que reúne vários pesquisadores vinculados aos programas de pós-graduação, fundações estaduais, prefeituras ou organizações não governamentais no Brasil. A partir do anúncio do Brasil como sede da Copa do Mundo 2014, o observatório inseriu na agenda de pesquisas o referido projeto, patrocinado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A intenção é elaborar e aplicar instrumentos de monitoramento dos impactos relacionados aos megaeventos na estrutura das cidades que vão sediar jogos.

Curitiba ─ A professora Olga Lucia Castreghini de Freitas Firkowski do Departamento de Geografia da UFPR coordena o projeto nas cidades de Curitiba e Porto Alegre. A vinculação do projeto com a universidade ocorre na medida em que algumas pesquisas desenvolvidas nesta instituição, trabalhos de iniciação científica, de conclusão de curso, dissertações de mestrado, teses de doutorado e pós-doutorado, se relacionam com o tema dos megaeventos. Ainda na UFPR, o quadro de pessoal vinculado ao projeto é composto de alunos de graduação e pós-graduação, além dos professores Gislene Pereira do Departamento de Arquitetura e Urbanismo; Franklin Gorsdorf do curso de Direito; Pedro Bodê do Departamento de Ciências Sociais e dos bolsistas do CNPq Patricia Baliski (Mestrado em Geografia da UFPR) e Vinícius Zanona (Graduação em História da Unicentro).

Durante a reunião, a professora Olga falou sobre o respeito das violações em Curitiba. Indicou que na sua percepção, a principal violação é a do direito à informação em todos os níveis. Como exemplo, citou o caso da dificuldade em se identificar quais comunidades serão afetadas pela construção da terceira pista do Aeroporto Afonso Pena, pela falta de informações oficiais. Outro ponto debatido foi a questão relativa à delimitação da zona de exclusão no entorno da Arena da Baixada. Relatou que entrevistas realizadas com vendedores ambulantes e outros profissionais localizados na área, demonstraram que não têm informações sobre o funcionamento deste perímetro e, por isso, acreditam que a Copa será um momento de possibilidades para ampliar os ganhos. Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas no site http://www.observatoriodasmetropoles.net/projetomegaeventos.

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...