logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Pesquisa de doutorado da UFPR é premiada em congresso internacional

Caroline Machado Kopruszinski
Caroline Machado Kopruszinski

A pesquisa realizada pela doutoranda Caroline Machado Kopruszinski do Programa de Pós-Graduação em Farmacologia da UFPR foi destaque no “IV Congresso Mundial de Dor Neuropática”, ocorrido em Toronto, Canadá, durante o mês de maio. Após avaliação de especialistas na área, o estudo obteve o segundo lugar entre os mais de 400 trabalhos apresentados no evento.

A pesquisa desenvolvida por Caroline, sob a orientação da professora da UFPR Juliana Geremias Chichorro, apresenta uma alternativa de medicação para o tratamento da dor crônica orofacial neuropática (doença do Sistema Nervoso Central). De acordo com a pesquisadora, ainda não foi encontrado um medicamento que trate satisfatoriamente e contenha o avanço da dor. “Geralmente, são ministrados aos pacientes medicamentos anticonvulsivantes, porém eles não são eficazes em todos os casos e, além disso, acarretam uma série de efeitos colaterais, como sonolência, tontura e náuseas”, relatou Caroline.

Premiação ─ A solução encontrada na pesquisa premiada foi a redução da dose de um anticonvulsivante chamado carbamazepina e a sua associação com vitaminas do complexo B, de comprovada propriedade analgésica. Nas amostras efetuadas com ratos no Laboratório de Farmacologia da Dor, a analgesia foi completa e não foram encontrados efeitos colaterais. A aluna reconhece a importância da premiação, especialmente, levando em conta que pesquisadores do mundo todo participaram do congresso. “É uma maneira de mostrar ainda que apesar de outros países possuírem mais recursos, o Brasil tem uma produção científica muito importante, em grande parte graças aos esforços dos professores e dos alunos”, finalizou Caroline.

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...