logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Olimpíada Paranaense de Matemática abre inscrições, com previsão de recorde de participantes

As inscrições para a Olimpíada Paranaense de Matemática já estão abertas e podem ser feitas até 13 de maio pelo portal da OPRM-2017. Neste ano, a previsão dos organizadores é reunir pelo menos cinco mil alunos de mil escolas municipais, estaduais e particulares. Caso seja atingida, a meta vai superar os números do ano passado, quando a competição reuniu três mil participantes de cem escolas.

Podem participar da Olimpíada Paranaense de Matemática alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e do ensino médio matriculados em qualquer instituição de ensino pública ou particular do Paraná. Serão duas fases de provas, para todos os níveis. Para participar da segunda fase da OPRM, o aluno deverá ter nota da primeira fase igual ou superior a uma nota de corte definida pela comissão organizadora. A primeira fase da prova será promovida em 10 de junho e a segunda, em 23 de setembro.

A competição levará em conta a escolaridade do aluno e sua idade, em três graus: Nível 1(para alunos matriculados no 6º ou 7º anos do Ensino Fundamental das redes pública e privada com no máximo 12 anos de idade até a data de realização da segunda fase da OPRM), Nível 2 (alunos matriculados no 8º ou 9º anos do Ensino Fundamental das redes pública e privada com no máximo 14 anos de idade até a data de realização da segunda fase da OPRM) e Nível 3 (para alunos matriculados em qualquer ano do Ensino Médio das redes pública e privada, com no máximo 17 anos de idade até a data de realização da segunda fase da OPRM.

Aproximação com rede pública

A Olimpíada Paranaense de Matemática é coordenada pela UFPR, patrocinada pelo Grupo Positivo e tem o apoio da Pró-Reitoria de Graduação, da Direção do Setor de Exatas, do Núcleo de Concursos (que responde pela logística da prova), da Secretaria Estadual da Educação e do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Paraná (Sinep/PR).

Na avaliação do professor do Departamento de Matemática da UFPR, Diego Otero, a competição oferece duas grandes vantagens. A primeira é identificar talentos na área.  “Muitos alunos bons não recebem um treinamento adequado em Matemática. A olimpíada qualifica estes estudantes e incentiva-os a estudar mais”, diz Otero, um dos organizadores da competição, junto com o professor José Carlos Eidam.

A segunda vantaem é que a competição impacta na rotina dos alunos, em sala de aula. “A competição possibilita que eles recebam um ensinamento e um aprofundamento maiores”, explica Otero, que destaca ainda o fato de projeto propiciar a aproximação com a rede pública de ensino. “A olimpíada possibilita que a UFPR exerça um papel mais relevante na sociedade, que impacta nas vidas de 900 mil alunos. A Universidade precisa sair da casca”, avalia. Mais informações sobre a olimpíada podem ser obtida  no site http://www.mat.ufpr.br/oprm/.

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...