logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Novos pró-reitores de Administração e Gestão de Pessoas tomam posse nesta quarta-feira (18)

O evento de posse foi realizado no gabinete do reitor. Imagem: Leonardo Bettinelli
O evento de posse foi realizado no gabinete do reitor. Imagem: Leonardo Bettinelli

Esta quarta-feira, dia 18, teve clima de renovação no comando das Pró-Reitorias de Administração (PRA) e Gestão de Pessoas (Progepe). Isso porque os pró-reitores Álvaro Pereira, de Administração, e Adriano Ribeiro, de Gestão de Pessoas, deixaram seus cargos para o professor Edelvino Razzolini Filho e Laryssa Martins Born, respectivamente.

A cerimônia de posse foi realizada no gabinete do reitor e contou com a presença de familiares, amigos, outros pró-reitores, coordenadores, chefes de setor e outros servidores da administração central, além do professor Ocyron Cunha, reitor da Universidade de 1978 a 1981, do vice-reitor, Rogério Mulinari, e do reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho. Na ocasião, Pereira, além de deixar a PRA, assumiu a nova Superintendência de Infraestrutura.

Responsabilidade e trabalho em equipe

Muito elogiado pelo reitor e pelo vice-reitor, em sua fala Ribeiro destacou os desafios que estão atrelados ao cargo que estava deixando e expressou sua esperança de que a nova gestora dê continuidade aos projetos existentes e possa fazer a órgão avançar. “Esse é um cargo difícil e quem assume é uma pessoa de valor e coragem”, declarou. Laryssa, que está na UFPR há mais de 20 anos, já havia ocupado esta cadeira de 2008 a 2012, no primeiro mandato de Akel Sobrinho. “Sei das dificuldades em esgotar as demandas existentes, pois são muito diversas e vêm de pessoas para pessoas”, afirmou a pró-reitora.

Imagem: Leonardo Bettinelli
Imagem: Leonardo Bettinelli

“Muitos questionaram a minha decisão de assumir a PRA neste momento tão complicado, de corte de gastos”, contou Razzolini Filho. “Mas eu faço isso com a segurança de ter a minha família como porto seguro, de ter amigos dentro da Universidade e de ter o apoio dos colegas do gabinete. A função da PRA é estar a serviço da UFPR e faremos isso com lealdade e muito trabalho”.

O novo superintendente de Infraestrutura destaca que sua função, neste momento, está muito intimamente ligada à expansão da Universidade, com a qual já tinha bastante experiência como pró-reitor e falou da importância de trabalhar com uma equipe dedicada. “Só com a participação de todos construiremos uma universidade melhor”.

Mulinari acrescentou que o conhecimento das equipes que estão saindo não será deixado de lado e que, em uma universidade centenária, não se pode prescindir de nenhum talento. O reitor destacou que ser servidor público significa ter apego à instituição, mas desapego ao cargo ocupado e ressaltou a importância da criação da superintendência assumida por Pereira. “O dia 18 de março de 2015 fica marcado na história da Instituição pela criação de uma megaestrutura para cuidar apenas das obras e da infraestrutura. A PRA é muito gigantesca, por isso está acontecendo esse desmembramento, que traz mais foco e mais equipe para esta área”.

Transmissões de cargo

Logo depois da solenidade realizada no gabinete, os novos pró-reitores, seus antecessores, o reitor e o vice-reitor seguiram para os eventos que marcaram a transmissão dos cargos dentro de suas respectivas pró-reitorias.

Imagem: Leonardo Bettinelli
Imagem: Leonardo Bettinelli

Na sala de reuniões da PRA, Álvaro Pereira lembrou que assim que assumiu a posição de pró-reitor de Administração, em 2013, já foi defrontado com o desafio de construir o campus de Jandaia do Sul – que hoje conta com três engenharias e duas licenciaturas. Falou sobre as mudanças que a sua gestão trouxe para os diversos setores da administração central que ficam sob a tutela da PRA, como os restaurantes universitários, o Departamento de Serviços Gerais (DSG), o Centro de Computação Eletrônica (CCE) e a Prefeitura da Cidade Universitária (PCU). Afirmou, ainda, que a criação da superintendência que ele assume não deve ser visto de forma negativa. “Temos que partilhar, na dividir”.

Edelvino Razzolini Filho, que era assessor de governança de Tecnologia e Informação da Universidade, se comprometeu a estar presente nas unidades e setores, sendo parceiro de trabalho de todos e dando continuidade ao que já foi alcançado até aqui. “Terão em mim um aliado preocupado com a grandeza da instituição, que conhece a sua história, e está preocupado em mantê-la para o futuro”, concluiu, prometendo muito trabalho, seriedade e dedicação.

O reitor ressaltou que o trabalho duro de todos é necessário para que a Universidade se mantenha sempre forte. “Do início da nossa gestão para cá, em seis anos, a universidade cresceu 50%, de qualquer forma que se veja: área construída, número de cursos de graduação, de pós-graduação. Se em seis anos a universidade cresceu 50%, a nossa força de trabalho cresceu 15%. É muita produtividade, racionalização de esforços, e também muita dedicação e sacrifícios.”

Já Adriano Ribeiro, no auditório da Progepe, destacou os avanços do programa de equidade de gênero, a recepção de novos servidores e o crescimento da Semana do Servidor, que neste ano alcançou também os campi fora de Curitiba como os mais significativos de sua gestão. “Avançamos em diversos momentos, tivemos diálogo com entidades sindicais, com a comissão interna de supervisão e a porta do gabinete esteve sempre aberta”, resumiu.

“A Progepe é a minha casa”, disse Laryssa Martins Born. Para ela, a sua maior missão é construir em conjunto. “Tem muita gente que pode contribuir com a pró-reitoria. E quanto mais se trabalha aqui, melhor podemos atender à comunidade acadêmica”.

Imagem: Leonardo Bettinelli
Imagem: Leonardo Bettinelli

“Uma Universidade é feita de pessoas, por isso a Progepe é tão importante”, destacou Mulinari, apostando que a volta de Laryssa não significa uma volta ao passado, mas sim um passo adiante, pois ela volta ao posto com energia renovada.

Falando sobre o cenário do país atualmente, o professor Zaki reforçou que a Universidade tem o papel de ser âncora na hora da turbulência. “Toda a administração central vem se esforçando para que continuemos sendo referência e resistamos às adversidades”.

 

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...