logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Nova direção do Setor de Ciências da Saúde é empossada

A nova equipe de direção do Setor de Ciências da Saúde tomou posse nesta quarta-feira (3) em cerimônia realizada no Auditório do Setor. Nelson Luis Barbosa Rebellato, professor do curso de Odontologia, já atuava como vice-diretor na gestão passada e assume como diretor do Setor. O vice-diretor será Edison Luiz Almeida Tizzot, do curso de Medicina.

Rebellato inova na tradição dos diretores tornando-se o primeiro professor não médico a se tornar diretor em 40 anos de Setor. Graduado em Odontologia, ele possui Especialização e Mestrado em Odontologia pela PUCRS e Doutorado em Clínica Odontológica pela Unicamp. O professor deu ênfase ao momento delicado pelo qual passa o Ensino Público e afirmou depositar as esperanças nos alunos da universidade. “Esta é uma instituição centenária que ajudou a desenvolver Curitiba, o Paraná e o Brasil e que abraça a sociedade com a sua competência por meio do tripé de ensino, pesquisa e extensão. Temos no orçamento participativo e em uma administração compartilhada uma maneira de aumentar a autonomia dos departamentos, das unidades do Setor e fazer com que as pessoas que aqui trabalham sintam-se importantes e encontrem soluções para que esse comprometimento fortaleça cada vez mais a instituição”.

Foto: Marcos Solivan

O vice-diretor é graduado em Medicina pela UFPR e tem Mestrado e Doutorado na área. Tizzot disse que apesar de toda a responsabilidade médica que sempre teve, é encantando por ensinar e, portanto, entre suas missões na direção está estudar novas metodologias de ensino e dedicar-se a este tema com afinco. “Lutando pela união de professores e alunos, seremos capazes de mostrar que a educação universitária brasileira pública e gratuita proporciona à nação progresso e melhoria geral a todos. Nossa vocação é a de tratar e acompanhar sofrimentos e alegrias, assim temos a responsabilidade de transformar nosso trabalho em algo que aprimore a qualidade da vida das pessoas.”, comenta.

Em seu discurso o reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, enfatizou que o Setor de Ciências da Saúde é o maior da universidade e que assumir sua direção é um enorme desafio. Por isso, parabenizou a nova gestão pela coragem em aceitar essa condição em um momento crítico para as universidades. “Temos que ter criatividade e inteligência, mas, sobretudo, solidariedade. A comunidade deve reforçar sua solidariedade interna e se comportar enquanto comunidade, pois, diante da crise, se não estivermos navegando na mesma direção, teremos mais dificuldades em passar por essa tempestade”, afirma.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...