logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

MusA promove oficinas criativas no 3º Festival de Ciência, Cultura e Inovação da UFPR

São muitas as formas que uma obra de arte pode ser contemplada e interpretada, e uma delas é a própria criação artística. Com essa visão, a equipe do Museu de Arte (MusA) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) ofertou duas oficinas criativas durante o 3ª Festival de Ciência, Cultura e Inovação (FCCI), realizado de 21 a 26 de novembro. 

As atividades contaram com a participação de estudantes do ensino técnico, que vieram do litoral paranaense; do Curso Técnico em Meio Ambiente do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Campus Paranaguá; e também do interior de São Paulo, da Escola Estadual Frutuoso Pereira de Moraes, localizada na cidade de Cajati. 

A programação com as turmas contemplou visita à exposição “O Gabinete de Arte Paranaense”, e também passagem pela reserva técnica do museu. Em um segundo momento, os participantes converteram-se em artistas, com a realização das oficinas com aplicação de técnicas de desenho e de colagem – que tiveram como referência as obras e os espaços visitados. 

Geovana, estudante da 1ª série do ensino médio, com o trabalho que produziu durante a oficina do MusA. Fotos: Divulgação

“O grupo voltou vibrando e com excelentes comentários sobre a vivência que tiveram. Considero o MusA um referencial importante e estou indicando a visita para outros professores. Agradecemos pela dedicação e acolhida da equipe. Que venham as próximas experiências”, afirmou Felipe Ferrimann, professor da Escola Estadual Frutuoso Pereira de Moraes.

A equipe do Museu esteve na coordenação-geral da ação que envolveu, ainda, estudantes de diversas áreas. As graduandas de Artes Visuais, Maria Eduarda Pires, da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), e Letícia Oliveira, da UFPR, que ministraram as oficinas de desenho coletivo e de colagem.

Estudantes de Cinema, Museologia, e Artes Visuais participaram como monitoras das visitas pela exposição, que traz parte do acervo artístico da UFPR em diálogo com textos críticos de Fernando Bini. 

A participação das alunas de graduação deu-se por meio do programa “Experiências curtas/curtíssimas” do MusA, que contempla a possibilidade de realizar visita guiada e práticas criativas a partir das exposições do museu. O projeto conta também com etapa de capacitação que antecipa as ações. O treinamento dura cerca de uma semana e é certificado pela instituição. 

Registro dos participantes das oficinas criativas – e de suas obras – durante o 3º Festival de Ciência, Cultura e Inovação da UFPR

“Esse é um programa de ativação das mostras do Museu, que contribui, também, com a formação profissional e acadêmica de alunos de graduação. Principalmente, de cursos como Museologia, Cinema, Artes Visuais, História, Comunicação e áreas correlatas. O nosso museu universitário se fortalece como espaço de mediação entre arte, artistas, profissionais, academia e comunidade”, explica Michele Dacas, relações públicas do MusA.

Até a próxima segunda-feira (5), parte dos trabalhos segue exposta em um varal instalado na escadaria do museu.

Com informações do MusA

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...