Museu de Arqueologia e Etnologia bate recorde de visitação

01 junho, 2012
14:13
Por
0
Extensão e Cultura

Mostra itinerante fica em cartaz até 24 de junho

Mais de 3.700 visitantes estiveram no Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR (MAE), em Paranaguá, durante o mês de maio para apreciar a exposição “No Ritmo do Fandango” e a mostra “Tesouros do Museu Nacional”.

Estatísticas do MAE apontam que o Museu obteve recorde de visitação, recebendo em um único mês mais de 3.700 visitantes, desses, mais da metade são estudantes do ensino médio e fundamental. Durante o mês de maio, o MAE ofereceu visitas guiadas à exposição “No Ritmo do Fandango” e a mostra itinerante “Tesouros do Museu Nacional”.

“Tesouros do Museu Nacional” é prorrogada
Quem ainda não teve a oportunidade de conferir a exposição “Tesouros do Museu Nacional”, terá mais uma chance para conhecer a mostra do maior museu de História Natural da América Latina. A exposição permanece na sede expositiva do MAE em Paranaguá até 24 de junho de 2012.

A exposição itinerante “Tesouros do Museu Nacional” é constituída por reproduções fotográficas das principais peças de suas coleções, documentos históricos e réplicas de originais que estão na exposição do Museu Nacional, no Rio de Janeiro.

A exposição tem como objetivo levar a outras cidades uma amostra das relíquias presentes na instituição, entre elas a réplica de um Iguanodonte, dinossauro que viveu há aproximadamente 100 milhões de anos, no período cretáceo, na Paraíba, Nordeste do Brasil e um exemplar original do Bathynomus giganteus, uma espécie de crustáceo que vive em mar profundo a mais de 400m e em temperatura de 4ºC. Também são destaques a réplica de uma estátua egípcia do deus Osíris e a reconstituição da face de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas.

A mostra já percorreu diversas cidades do país, como João Pessoa, na Paraíba; Santa Teresa e Bom Jesus do Norte, no Espírito Santo; Caxambu e Viçosa, em Minas Gerais; além de já ter passado por diversas cidades do Estado do Rio de Janeiro.

“No Ritmo do Fandango”

A exposição “No Ritmo do Fandango” permanece até 15 de julho, em Paranaguá. A mostra aborda o tema da construção dos instrumentos e da realização da festa, expondo ferramentas, rabecas em diversas fases de confecção, tamancos, dentre outros utensílios que dão vida às danças e músicas desse universo de estilo de vida único.

O evento traz ao público objetos pertencentes ao acervo de Cultura Popular do museu, além de imagens do fotógrafo Carlos Roberto Zanello de Aguiar, conhecido como “Macaxeira”, autor do livro “Fandango no Paraná: Olhares”. Há ainda três maquetes em papel machê da artista Giane Fischer, cedidas pelo Sesc de Paranaguá.

 
Serviço
─ Mostra “Tesouros do Museu Nacional”

Data: até 24 de junho de 2012
– Exposição “No Ritmo do Fandango”
Data: até 15 de julho de 2012
Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR
Endereço: Rua XV de Novembro, 575, Paranaguá ─ PR – Brasil
Mais informações: Curitiba: (41) 3313-2042 / Paranaguá: (41) 3721-1200

 

Com informações do MAE (Fábio Marcolino)

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]