logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Lígia Negri e Rodrigo Tavares tomam posse na direção do Setor de Ciências Humanas

Foto: André Filgueira

Tomou posse nesta segunda-feira (24) como diretora do Setor de Ciências Humanas a professora Lígia Negri do Departamento de Linguística. Lígia já atuava como vice-diretora do Setor na gestão passada, acompanhada do último diretor e atual Pró-Reitor de Graduação e Educação Profissional, Eduardo Salles de Oliveira Barra. Também foi empossado como vice-diretor do Setor o professor do Departamento de História, Rodrigo Tavares. Ambos foram eleitos para a direção para um mandato de quatro anos, de 2017 a 2021.

Foto: André Filgueira

Lígia Negri é graduada em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas, tem mestrado em Linguística pela mesma instituição, doutorado em Letras pela Universidade Federal do Paraná e realizou Pós-Doutorado em Semântica Histórica na Universidade Estadual de Campinas. Em sua área, a professora atua especialmente nas discussões de questões epistemológicas sobre fronteiras interdisciplinares da linguística e questões ligadas à significação em perspectiva semântica e discursiva. Rodrigo é mestre e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (USP).

Em seu discurso, a nova diretora de Setor afirmou que acredita no papel fundamental que a educação deve ter para a construção de uma sociedade justa e igualitária. Para esta gestão, a intenção é continuar o planejamento já realizado nos últimos anos. “Um problema crucial é a questão do espaço físico, pois estamos nesse prédio desde os anos 50. Nesse período, o Setor já passou por diversas mudanças, ampliações e aumento de alunos, professores e cursos. Outra questão a ser administrada é a política de pessoal e de vagas docentes. Além disso, devemos enfrentar resistentemente essa situação de crise que abate todas as universidades públicas – vinda, principalmente, da política federal de cortes de orçamento – que terá impactos muito sérios e intensos nesse processo”, diz Lígia destacando que o momento deve ser de resistência e luta pela manutenção das conquistas até aqui alcançadas.

Também enfatizando a atual situação orçamentária, o Reitor da UFPR Ricardo Marcelo Fonseca comentou que esta é uma circunstância difícil para se estar à frente da gestão universitária. “Momentos turbulentos são os que requerem com maior urgência gestores que tenham equilíbrio, experiência, temperança e diálogo com a comunidade. Por isso, neste estágio, o Setor não poderia estar em melhores mãos. Tenho convicção de que sob essa gerência atravessaremos com sucesso esses mares bravios”, diz.

Além do reitor Ricardo Marcelo Fonseca, da professora Lígia Negri e do professor Rodrigo Tavares, compuseram, ainda, a mesa da cerimônia a vice-reitora Graciela Bolzón de Muniz e o Pró-Reitor de Graduação e Educação Profissional, Eduardo Salles de Oliveira Barra. A solenidade ocorreu na sala histórica Homero Batista de Barros no Edifício Dom Pedro I.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...