logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Laboratório de Ecologia do CEM devolve tartarugas verdes ao mar

Uma das tartarugas devolvidas ao mar: liberdade após reabilitação no Centro de Estudos do Mar da UFPR. Imagem: LEC.

Um grupo de cinco tartarugas verdes (Chelonia mydas) foram tratadas e devolvidas ao mar no município de Pontal do Paraná, no Litoral do Estado. Com idade entre dois e sete anos, as tartarugas foram encontradas na Ilha do Mel e levadas pela equipe do Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC) para tratamento no Centro de Reabilitação Temporário do Centro de Estudos do Mar da UFPR.

O grupo foi acionado por pescadores parceiros do projeto, que capturaram os animais acidentalmente em suas redes. Elas são monitoradas diariamente. Com os cuidados da equipe técnica, formada por veterinários oceanógrafos e biólogos, os animais puderam descansar e, em 24h, estavam prontos para retornar ao seu ambiente natural.

Segundo Liana Rosa, gerente do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (uma das organizaçãos das quais o LEC faz parte), adultas, os espécimes deste gênero de  tartaruga medem até 1,2 metro (apenas de carapaça) e chegam a pesar cerca de 150 kg.

Integração com comunidade

Segundo a coordenadora do LEC e do PMP/BS, Camila Domit, o retorno desses animais representa o resultado da integração entre comunidades locais e científicas para o cumprimento dos deveres da sociedade com o meio ambiente. “Esta ação envolveu duas responsabilidades, uma com a espécie marinha que já está ameaçada de extinção por diversas atividades antrópicas e é nosso dever protege-las, e a outra se refere ao fato deste animal ter sido resgatado por comunitários que desenvolvem praticas pesqueiras de maneira consciente e sustentável, buscando formas de minimizar os efeitos negativos à fauna não-alvo da pesca”.

As ações do LEC (CEM/UFPR) envolvem a pesquisa sobre a biologia dos animais marinhos, a avaliação dos impactos que afetam as espécies e o atendimento de saúde. E, ainda, a busca de alternativas e ações para a redução de impactos e conservação das espécies e do ambiente marinho.

O LEC integra uma rede de organizações parceiras do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). Esta atividade é desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

O projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos debilitados e coleta dos mortos. Acionamentos sobre encalhes de aves, mamíferos ou tartarugas marinhas podem ser feitos pelo número 0800-6423341.

 

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...