logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Jovem Cientista premiará iniciativas voltadas à segurança alimentar

IMAGEM: www.finep.gov.br

Com o tema Segurança Alimentar e Nutricional, a 28° edição do Prêmio Jovem Cientistas está com inscrições abertas para estudantes do ensino médio, superior, mestres e doutores que queiram criar soluções inovadoras para o setor de alimentos e concorrer a prêmios. O prazo para participação segue até dia 19 de dezembro e os procedimentos devem ser realizados no site www.jovemcientista.cnpq.br.

A escolha do tema tem como objetivo estimular os participantes a pensar soluções para aumentar a qualidade da dieta da população em pesquisa sobre uso de recursos dietéticos na prevenção e tratamento de doenças; inovações em política de segurança alimentar para a merenda escolar; redução do desperdício de alimentos; soluções para a desnutrição e a obesidade; produção de alimentos orgânicos; e formas de produzir alimentos sem degradar o meio ambiente, entre outras.

As linhas de pesquisa envolvem também soluções para a cadeia de produção e conservação dos alimentos. Entre as áreas de conhecimento relacionadas ao tema estão agronomia, nutrição, medicina, engenharia de alimentos, farmácia e bioquímica.

Os prêmios individuais do Jovem Cientista variam de acordo com a categoria de ensino e vão de computadores a prêmio em dinheiro. No mérito institucional, serão pagos R$ 35 mil para cada uma das duas instituições que tiverem o maior número de trabalhos com mérito científico inscritos. O pesquisador que for indicado para a menção honrosa receberá R$ 35 mil.

O Prêmio Jovem Cientista foi criado em 1981 e é uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Fundação Roberto Marinho e a Gerdau. Na edição passada, o prêmio bateu recorde de inscrições, com 3.226 trabalhos.

Com informações da Agência Brasil

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...