Jornalismo da UFPR é o melhor da região Sul e o segundo do Brasil; veja outros cursos que se destacaram no Enade

13 março, 2017
16:45
Por Juliana Marques
0
Ensino e Educação

A UFPR conquistou ótimas posições na última avaliação do Enade, cujos resultados foram divulgados nesta semana. Cinco cursos de graduação foram os primeiros colocados no estado do Paraná: Administração, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Tecnologia em Gestão da Qualidade, Tecnologia em Gestão Pública e Turismo. E um deles, o de Jornalismo, é o melhor da sua área na região Sul, com nota máxima.

Os resultados do Enade 2015 são parte dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior, divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC). O Enade, é o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, e  tem o objetivo de classificar todos os cursos superiores do país.A prova é aplicada a estudantes que estão se formando nos cursos de graduação, e a cada ano avalia áreas diferentes.

Comunicação Social

Com o conceito mais alto do Enade (5), o curso de Comunicação Social/ Jornalismo da UFPR ficou em primeiro lugar entre os 56 cursos da área na região Sul, e em segundo lugar entre todos os cursos de Jornalismo do Brasil. O curso de Comunicação Social/ Publicidade e Propaganda, além de ter alcançado o primeiro lugar no Paraná e na Região Sul, é o quarto colocado entre os cursos de todo o Brasil, também com conceito 5. O curso de Comunicação Social/ Relações Públicas não foi avaliado nesse ano.

Para o coordenador do curso de Comunicação Social, professor Fabio Hansen, a excelência dos alunos foi um fator importante para o bom resultado. “Eles passam por um filtro fortíssimo no vestibular. Esses dois cursos sempre estão entre os mais concorridos da Universidade”, afirmou Hansen.

Na avaliação anterior do Enade, em 2012, o curso de Jornalismo teve uma nota baixa, decorrente do boicote dos alunos, que entregaram a prova em branco. “Quando os alunos vão comprometidos a fazer a prova, os resultados são excelentes”, destacou Hansen. O coordenador também apontou a qualidade do corpo docente do Departamento – quase a totalidade dos professores tem doutorado – e a participação dos alunos em projetos de pesquisa e de extensão.

Turismo

O curso de Turismo da UFPR é o primeiro colocado do Paraná e segundo de toda a Região Sul. O coordenador do curso, professor Bruno Martins Augusto Gomes, disse que o maior mérito é dos alunos, e destacou também a dedicação dos professores com as aulas. “Os professores criam oportunidades para os alunos participarem de projetos de pesquisa e de extensão”, contou Gomes. Para ele, o currículo do curso, com grande carga horária prática, também contribui para a boa avaliação do curso.

O curso de Turismo possui um Núcleo de Estudos Turísticos, a Agetur, que oferece atividades de pesquisa e extensão aos acadêmicos.

Tecnologia em Gestão da Qualidade

Um grande diferencial do curso de Tecnologia em Gestão da Qualidade da UFPR é ser o único curso superior do Brasil com certificação ISO 9001. Essa certificação é reconhecida no mundo todo e atesta a qualidade das atividades de ensino no curso. “Nossos alunos têm que aprender a ser técnicos em Gestão da Qualidade, e nós temos que garantir o ensino deles”, explica Arnaud Francis Bonduelle, coordenador do curso.

O curso recebeu conceito 5 na última avaliação do Enade, alcançando a maior nota do Paraná e da Região Sul, e a terceira posição entre os 75 cursos do Brasil – os dois primeiros colocados são cursos menores, um com quatro e o outro com 12 alunos participantes da prova.

Para Bonduelle, as avaliações que os alunos fazem semestralmente de seus professores e a implantação de medidas necessárias quando alguma avaliação não é tão boa também têm impacto positivo na qualidade do curso.

Administração

O curso de Administração da UFPR também obteve o conceito máximo no Enade 2015, o que o deixa na primeira posição entre os melhores do Paraná e na terceira entre as instituições do Sul. No Brasil, o curso ocupa a 11a posição.

O curso de administração, turno da manhã ficou em 11º lugar no país na classificação geral,  já o curso de administração da noite ficou em 16º no país na classificação geral. Isso representa uma melhoria de 63 posições em relação a última classificação que foi em 2012.

Já no Paraná,  os cursos ficaram em primeiro e segundo lugar no estado,  sendo o curso matutino em primeiro, e o curso noturno em segundo lugar.

“Esse resultado é a combinação de um conjunto de esforços que essa Coordenação vem trabalhando. Entre outras ações, nós temos incentivado a iniciação científica e os programas de monitoria. Também foi feito um trabalho com os professores sobre o ensino e avaliação dos alunos. Outras atitudes foram tomadas como por exemplo a premiação com bolsas de estudo para os nossos MBAs para o cinco melhores alunos formandos do ano, também premiamos os melhores professores de cada ano”, disse o professor José Eduardo Pécora Junior, coordenador do curso de Administração.

O Professor afirmou também, que a coordenação trabalhou muito próximo dos alunos para obter este resultado. “Nós tivemos grande apoio de boa parte do nosso corpo docente e um fundamental apoio da chefia do Departamento. Esse excelente resultado é a combinação dos esforços e da sinergia geradas por essas quatro  entidades, coordenação, alunos, professores e chefia”.

Tecnologia em Gestão Pública

Outro curso de tecnólogo da UFPR a ocupar a melhor posição no ranking das instituições paranaenses é o de Gestão Pública, que também é o segundo melhor do Sul em sua área.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]