logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Instituto TMO é premiado pelo Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea

premio_redome_rj
A presidente do Instituto TMO, Regina Bruni (à direita), recebe o prêmio da assistente social Ítala Ferreira.

O Instituto TMO (Transplante de Medula Óssea) – entidade beneficente que em Curitiba direciona seu trabalho ao Serviço de Transplante de Medula Óssea do Hospital de Clínicas da UFPR – recebeu um importante reconhecimento por seu apoio prestado aos centros de transplante de medula óssea: O Prêmio Dr. José Roberto Feresin Moraes de Cooperação ao Registro de Doadores de Medula Óssea (Redome). A premiação foi feita em 17 de junho, no Rio de Janeiro.

Para integrar as organizações que trabalham com medula óssea, foi realizado o 9º Encontro do Redome e Bancos Públicos de Sangue de Cordão Umbilical, no Rio de Janeiro. O evento foi prestigiado por pacientes, apoiadores, representantes de instituições e profissionais envolvidos nas diversas etapas do transplante não apresentado (sem doador familiar) de medula óssea. O Instituto TMO foi representado por sua presidente, Regina Bruni. A entidade é beneficiente e sem fins lucrativos, sediada em Curitiba (PR), próximo ao Hospital de Clínicas, onde está a Casa Malice de apoio aos pacientes com câncer.

O Redome é coordenado pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) e, desde a sua fundação, já cadastrou mais de 3,7 milhões de doadores, sendo o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo e o maior banco com financiamento exclusivamente público.

 

SOBRE O INSTITUTO TMO

Fundada em 1988 por um grupo de empresários, o Instituto TMO é uma entidade beneficente, sem fins lucrativos, de apoio aos centros de transplante de medula óssea do Brasil.

No Complexo HC (formado pelo Hospital e pela Maternidade Victor Ferreira do Amaral) da Universidade Federal do Paraná, seu trabalho é direcionado ao Serviço de Transplante de Medula Óssea (STMO) e, atualmente, está formatando novas diretrizes para ampliar seu trabalho por todo o país.

Através da realização de eventos e projetos sociais, o Instituto busca promover a integração entre pacientes em tratamento e a comunidade. O sucesso desse trabalho é fruto da parceria entre profissionais da área de saúde e voluntários, que se unem com o único objetivo de salvar vidas.

Por Assessoria de Marketing do Complexo Hospital de Clínicas

Sugestões

Progepe lança atividade de saúde e longevidade para aposentados
Aposentadoria nunca foi sinônimo de inatividade. Pensando na qualidade de vida dos servidores aposentados,...
Ciência UFPR: Molécula-ímã tem potencial para revelar a bioquímica por trás de doenças
Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar...
“A SBPC é a marca de que o Brasil acredita e produz ciência da mais alta qualidade”, diz ministra do MCTI
Entre 23 e 29 de julho, aconteceu na Universidade Federal do Paraná (UFPR) a 75ª Reunião Anual da Sociedade...
Série sobre a ciência produzida nas Universidades brasileiras estreia na TV Brasil
A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições...