Inédito no Brasil, projeto de Engenharias transporta propostas de alunos da sala de aula para o Youtube

22 junho, 2017
09:55
Por
0
Ensino e Educação

 

O professor Gregório da Silva: “Os resultados nos surpreenderam. O projeto é um sucesso e serve de exemplo para outros cursos.”. Imagem: Roberto Gregorio da Silva.

Alunos dos cursos de Engenharias Civil e Mecânica da UFPR estão desenvolvendo a iniciativa, inédita no Brasil, de levar projetos (conversíveis ou não em negócios) da sala de aula para o Youtube. O projeto surgiu pelas mãos do professor-doutor Roberto Gregório da Silva, titular da disciplina de Administração de Engenharia.

Com até três minutos de duração, os vídeos postados no Youtube foram produzidos por 27 grupos de estudantes e estão disponíveis no canal “Ideias Engenharia – UFPR”. Em apenas três semanas, já foram assistidos por cerca de 180 mil pessoas. E o número só cresce.

“Estes resultados nos surpreenderam. O projeto é um sucesso e pode servir de exemplo para outros cursos. Foi um desafio que surgiu da necessidade de se buscar, no mundo real, a promoção de ideias”, comenta o professor, que destaca os benefícios aos alunos. “Eles ganham visibilidade no mercado e podem ser buscados por headhunters ou por empresas que buscam jovens empreendedores. O projeto serve, enfim, para a identificação de investidores em negócios inovadores”.

“Discurso de elevador”
Denominados de “pitch”, ou “discurso de elevador”, os vídeos são parte da proposta da disciplina de Administração de Engenharia de desafiar os alunos a conceber e e divulgar novos produtos ou serviços, utilizando as mídias sociais. É uma ação didática inovadora das Engenharias.

“Eu sempre entendi que seria necessário dar um choque de realidade nos alunos, além dos livros e da sala de aula. Resolvemos fazer isso criando um case que envolvesse este contato com a realidade de forma a estimulá-los a colocar em prática o que viram na sala de aula e a aprender a desenvolver estratégias de negócios”, diz o professor Gregório da Silva.

Aprendizado e oportunidade de negócios

Para muitos alunos, os vídeos significam não apenas requisito para aprovação na disciplina, mas também a oportunidade concreta de se apresentar ao mercado e buscar eventuais parceiros, gerando novas perspectivas profissionais. É o caso de um dos campeões de visualizações: o Easy Parking – um sensor de estacionamento dotado de uma pequena câmera, acoplada na traseira de veículos, acionada por telefone celular e bluetooth. Ferramenta útil tanto para empresas quanto para cidadãos.

Produzido pelos alunos de Engenharia Mecânica Adriano Sequinel, Victor Ramos e Adolfo Sotto, o vídeo já tem 23 mil visualizações. “Inicialmente, tivemos a ideia de fazer o vídeo para a disciplina, mas tivemos referências tão boas e tantas visualizações que podemos tornar o projeto um negócio”, conta Sequinel, aluno do 8º período do curso. Ele elogia a iniciativa do professor Gregório. “É uma proposta bem interesante e inovadora que está mostrando ao pessoal as dificuldades reais de se formatar um produto e divulgá-lo para as pessoas”.

“Construfácil e “Quero formar”

Os alunos de Engenharia Civil da UFPR que estão postando os vídeos no Youtube. Imagem: Roberto Gregorio da Silva.

Outro projeto de sucesso, com 11 mil visualizações, é o “Construfácil”, desenvolvido pelos alunos de Engenharia Civil Ademir Balena, Gabriel Gomes e Jaqueline Eich. Concebido inicialmente como requisito para a aprovação na disciplina, o vídeo objetiva estimular as empreiteiras a vender – para cidadãos que executam pequenas obras – materiais de construção que sobram em grandes projetos. “As grandes construtoras desperdiçam muito material, que não tem aplicação para elas, mas que podem ser muito úteis para pessoas que executam pequenas obras”, explica Balena.

Um terceiro projeto de sucesso é o “Quero formar”, desenvolvido por três alunos da Engenharia Civil. Com mais de cinco mil visualizações, o  vídeo apresenta um aplicativo que dá dicas de como os estudantes podem fazer para terem melhor resultado nos seus estudos e na sua formação acadêmica. “Muitos estudantes nos disseram que, se conseguirmos levar o projeto adiante, querem usar o aplicativo. Por isso, se tivermos a oportunidade, vamos continuar”, comenta Murilo Prado, aluno do 5º ano do curso, que elogia o professor Gregório. “Foi interessante aplicar os conceitos que aprendemos na sala de sala. Direcionar este vídeo para o público, com resultados positivos, foi um bom aprendizado para nós”.

 

Aurélio Munhoz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]