logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Grupo de Foguetes Carl Sagan, da UFPR, conquista cinco prêmios no IV Festival Brasileiro de Minifoguetes

O minifoguete LAE-118 decolando de sua rampa de lançamento (campeão da categoria 100 metros). Imagem: GFCS/UFPR.
O minifoguete LAE-116 em sua rampa de lançamento (campeão da categoria 50 metros). Imagem: GFCS/UFPR.

O Grupo de Foguetes Carl Sagan (GFCS), da UFPR, conquistou cinco prêmios nas seis categorias nas quais competiu no IV Festival Brasileiro de Minifoguetes, promovido nos dias 29 e 30 de abril e 1º de maio, em Curitiba e em Pinhais. Foi o grupo de foguetes que mais conseguiu prêmios na competição – a única do gênero no Brasil.

O festival teve as presenças de 39 equipes de dez Estados brasileiros e do Distrito Federal (Amazonas, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo) das cinco regiões do Brasil. No total, foram realizados 72 lançamentos de minifoguetes.

As competições

As competições foram divididas em nove categorias – duas específicas para equipes com alunos do ensino médio. No Centro Politécnico da UFPR, em Curitiba, ocorreram os lançamentos de cinco categorias e ainda apresentações de projetos de minifoguetes, palestras, feira, exposição de minifoguetes e minicursos Já na Fazenda Canguiri da UFPR, em Pinhais, ocorreram lançamentos de quatro categorias.

Cada um deles levou um altímetro a bordo para registrar a sua trajetória, que é usada para definir a classificação dos minifoguetes em cada categoria. Informações detalhadas sobre o evento e os resultados estão no link http://servidor.demec.ufpr.br/foguete/Festival2017/. Trata-se do primeiro e único evento do gênero promovido no Brasil. Suas três primeiras edições ocorreram em 2014, 2015 e 2016, na UFPR.

Grupo da UFPR liderou

Os membros do GFCS/UFPR, com os minifoguetes usados no Festival de 2017. Imagem: GFCS/UFPR.

A equipe da UFPR foi o grupo de foguetes que mais conseguiu prêmios no festival. Ficou em primeiro lugar em quatro categorias: Classe ½ A (novo recorde brasileiro), Apogeu 50 metros, Apogeu 100 metros e Apogeu 500 metros (novo recorde brasileiro e minifoguete com maior altura comprovada no evento: 489 metros). Obteve, ainda, o terceiro lugar na categoria Apogeu 200 metros.

As seis equipes foram orientadas pelo professor-doutor Carlos Henrique Marchi, do Departamento de Engenharia Mecânica (DEMEC), do Setor de Tecnologia, da UFPR.

A formação das seis equipes do GFCS/UFPR que participaram do IV Festival Brasileiro de Minifoguetes foi: LAE-meio-A/UFPR (membros: Alexandre Vidal Bento, Vinicius de Souza Tenório e Vinicius Luiggi Bohrer Coser), LAE-A/UFPR (membros: Carlos Alberto Rezende de Carvalho Junior e Izabel Cecília Ferreira de Souza Vicentin), LAE-50/UFPR (membros: Álvaro Ricardo Ferreira Bento Júnior, Geverson Luciano Ramos e Giovanne Deni Iorio), LAE-100/UFPR (membros: Gustavo Padovany da Silva, Caroline Dall’ Agnol e Dener Augusto Iorio), LAE-200/UFPR (membros: Tobias Pinheiro Queluz, Eduardo Antônio Ribas Lima, Leonardo Costa Justen Santana e Antonio Carlos Foltran).

Os integrantes da equipe Gralha Azul com o troféu de campeã da categoria 500 metros. Imagem: GFCS/UFPR.

Finalmente, a UFPR participou com a equipe Gralha Azul/UFPR-UP-UTFPR (membros: Diego Fernando Moro, Éderson Luiz dos Santos Dias, Antonio Carlos Foltran, Josimar Palczuk, Nicholas Dicati Pereira da Silva, Carlos Eduardo Américo, Tobias Pinheiro Queluz, Josenei Godoi de Medeiros, Ruven Wang, Fabio Mauricio Matos, Luciano Kiyoshi Araki e Abimael Alves de Oliveira Junior). Esta equipe foi constituída também por membros dos grupos de foguetes da Universidade Positivo e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

A competição trouxe duas novidades importantes em 2017. A primeira foi que retomou o lançamento de foguetes a uma altitude de até mil metros. A segunda foi que o festival teve, pela primeira vez, a participação de alunos do ensino médio (do Colégio Estadual do Paraná e do Colégio Estadual Newton Freire Maia).

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...