Excursões de estudantes movimentam a Feira UFPR: Cursos e Profissões

01 setembro, 2013
10:47
Por prograd
0
Ciência e Tecnologia

Ônibus vêm de outras cidades para a Feira de Cursos e Profissões UFPR - foto: Marcos Solivan

Ônibus vêm de outras cidades para a Feira de Cursos e Profissões UFPR - foto: Marcos Solivan

Este ano, mais uma vez alunos e professores de diversas regiões do Paraná e de outros estados movimentam a Feira UFPR: Cursos e Profissões. Eles chegam em excursões, com objetivo de conhecer um pouco mais sobre a UFPR e sobre os cursos disponibilizados pela instituição, local onde desejam obter formação profissional.

Lori Maria Brod, professora de Geografia de escola pública de Foz do Iguaçu, veio em uma excursão com 30 alunos. Ela conta que saíram de Foz às 21 horas de sexta-feira e chegaram em Curitiba às 6 horas. A viagem longa parece não ter sido cansativa pelo entusiasmo e bom humor dos alunos e professores. No final do dia, eles tinham participado de todas as atividades oferecidas pela feira e estavam prontos para retornar a Foz.

Outra professora, Orli Luzia Furna, do Colégio Estadual Dom Alberto Gonçalves de Palmeira, veio para a Feira com mais duas colegas e 35 estudantes. Orli disse estar encantada com o interesse de seus alunos e com a riqueza de informações dadas a eles nos estandes. “A Feira extrapola nossas expectativas, recebemos muita atenção e simpatia”, afirma a professora.

Grupo de alunos e professoras de Palmeira - foto Leonardo Bettinelli

Grupo de alunos e professoras de Palmeira - foto Leonardo Bettinelli

E não só alunos do terceirão visitam a feira. Vinicius Reis veio de Paranaguá com amigos, todos do 2° ano do ensino médio, para começar a decidir sobre a escolha profissional. “Se não fosse a excursão não teríamos como vir sozinhos. Pretendemos vir novamente no próximo ano, se tivermos oportunidade”, conta o futuro candidato UFPR.

Há também aqueles que vêm em grupos menores, como a família Woiciechuwski, que veio de Ponta Grossa para conhecer o local. “A UFPR é uma universidade modelo, desejamos muito que nossos filhos estudem aqui. Fizemos questão de vir com eles para incentivá-los e opinar nas escolhas”, conta Milton Lopes Woiciechuwski, que visitou a feira com a esposa e os dois filhos adolescentes.

Dor não é desculpa

Mesmo com dores, Beatriz não deixou de vir para a Feira com a excursão do Colégio - foto: Marcos Solivan

Mesmo com dores, Beatriz não deixou de vir para a Feira com a excursão do Colégio - foto: Marcos Solivan

Patela quebrada e ligamentos rompidos no joelho não foram barreiras para que Beatriz Pereira, aluna do 3° ano do ensino médio e residente em Rio Negro, deixasse de vir à Feira de Cursos e Profissões da UFPR. Tirar dúvidas sobre o curso de Nutrição foi o principal objetivo da estudante, que ficou o sábado todo na Feira e passeou em cadeira de rodas cedida pela organização do evento. Este é o segundo ano que Beatriz vem à feira. Segundo a estudante, no ano anterior ela não tinha ideia da profissão que queria seguir, mas este ano está mais direcionada. “Minha mãe brigou comigo quando sai de casa, por causa do meu estado de saúde, mas jamais deixaria de vir aqui”, afirmou a estudante, antes de retornar para sua cidade.

Por Flaécia Gomes, com orientação de Simone Meirelles

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]