Zuenir Ventura marca presença na abertura da XII Feira do Livro da UFPR

17 setembro, 2014
12:00
Por
0
Extensão e Cultura

escritor Zuenir Ventura. Foto: Ana Assunção

Ocorreu na noite desta segunda-feira (16/09) a cerimônia de abertura da “XII Feira do Livro da Editora da UFPR” e “33ª Semana Literária do Sesc”. Estiveram presentes o Secretário de Estado de Cultura, Paulino Viapiana, o presidente da Federação de Comércio do Paraná (Fecomércio), Darci Piana e, representando a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Pró-Reitora de Extensão e Cultura, Deise Picanço. O encontro seguiu com uma conversa com o jornalista e escritor Zuenir Ventura, que falou sobre seus trabalhos abordando o tema da violência. O evento permanece aberto ao público até o dia 20 de setembro, em frente ao Prédio Histórico da Praça Santos Andrade, das 10 às 20 horas. Confira programação completa no site do evento clicando aqui.

Violência e Brasil

Zuenir Ventura encerrou a cerimônia com a palestra “Um país partido?” mediada por por José Carlos Fernandes. Autor de obras como Cidade Partida e O ano que não terminou, o jornalista falou sobre suas experiências profissionais com o tema da violência e sobre o papel da educação como uma saída para o problema.

Feira do Livro na Praça Santos Andrade. Foto: Ana Assunção

Durante a conversa Ventura falou sobre a obra Cidade Partida, escrita a partir de investigação jornalística motivada pela chacina de Vigário Geral, quando 21 pessoas foram mortas por policiais militares. O jornalista passou a frequentar o local e conviver com pessoas que se tornariam personagens de seu livro.

“A convivência com as pessoas da comunidade fez eu me deparar com diversos preconceitos que nós carregamos sobre as favelas, muitos deles produzidos pela própria imprensa”, apontou o jornalista. Ventura também falou sobre a dinâmica de criminalização dos bairros empobrecidos “a ideia de que ali é uma fábrica de violência” e como conheceu pessoas que tendo a mesma origem acabaram seguindo rumos diferentes, como um dos chefes do tráfico de Vigário Geral e um sociólogo que haviam sido amigos de infância e estudado na mesma escola.

Por Rodrigo Choinski

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]