logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Gestores revisam o planejamento interno com base nos resultados das pesquisas da CPA

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) disponibilizou aos gestores acadêmicos e administrativos os resultados das pesquisas de Autoavaliação Institucional, aplicadas aos servidores em outubro do ano passado, com participação de 1.404 respondentes (sendo 193 do Complexo do Hospital de Clínicas).

Com base na análise desses resultados, os gestores fizeram um exercício de revisar o planejamento de suas unidades e incluir ações de melhorias, diante da manifestação dos respondentes.

As análises fazem parte do Relatório de Autoavaliação UFPR 2022, que foi devidamente entregue ao Ministério da Educação, por meio do sistema e-MEC, em 27 de março. As ações propostas pelos gestores foram compiladas neste documento. Os servidores podem acessar e conhecer as ações de sua unidade e das unidades de seu interesse e acompanhar o cumprimento dessas medidas de melhorias. além de participar das próximas pesquisas.

As pesquisas aplicadas pela CPA, tanto a servidores quanto a estudantes, são pautadas na Lei 10.861/2004, que instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Além de cumprir o papel de regulação, as pesquisas são disponibilizadas para que a comunidade acadêmica faça uma reflexão de autoconhecimento da instituição e para que os gestores conheçam os anseios e as percepções levantados nessas pesquisas e, com isso, ajustem o planejamento interno, propondo ações que visem à melhoria das atividades, das políticas e dos procedimentos administrativos internos, fechando o ciclo de gestão Planejamento-Avaliação.

Segundo a CPA, avaliar é um direito do servidor: direito de pensar a instituição e de ser ouvido. O lema é “Conhecer para Aprimorar”, refletindo sobre como oferecer à comunidade ensino, pesquisa, extensão e gestão de qualidade e impacto na sociedade.

Dúvidas: cpa@ufpr.br

Texto por CPA/UFPR

en_USEnglish