logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Cultura popular foi destaque da abertura do 27º Festival de Inverno da UFPR

Apresentação do boi - Grupo Mandiquera - 27º Festival de Inverno da UFPR - foto:Marcos Solivan
Apresentação do boi – Grupo Mandiquera – 27º Festival de Inverno da UFPR – foto:Marcos Solivan

Festa do boi, clássicos da música e ritmos regionais marcaram a abertura do 27º Festival de Inverno da UFPR, que aconteceu nesta sexta-feira, 14 de julho, na cidade de Antonina. O evento continua até o dia 19 de julho confira a programação completa no site do evento.

A festa começou com o cortejo comandado pelo grupo Mandiquera, de Paranaguá, que ao ritmo de fandango percorreu as ruas da cidade até a praça Coronel Macedo. O grupo trouxe personagens típicos da festa do boi e divertiu adultos e crianças durante a encenação. Teve a Bernúnica, o Urubu, o Boi, o Coronel e muito mais.

O grupo de Seresta Canto do Mar marcou presença num espetáculo na Capela São Benedito, com direito à homenagem ao grupo que completou 13 anos de participação nos festivais.

Abertura oficial

Cerimônia de abertura 27º Festival de Inverno da UFPR - foto:Marcos Solivan
Cerimônia de abertura 27º Festival de Inverno da UFPR – foto:Marcos Solivan

Com uma proposta de uma maior proximidade com a população o festival trouxe os espetáculos principais para o coreto da Praça Coronel Macedo, onde aconteceu a solenidade de abertura.

Na saudação de abertura o professor Leandro Gorsdorf destacou a parceria entre a cidade e a Universidade Federal do Paraná que já dura 27 anos. “A retomada da praça pública, a retomada do coreto como lugar de encontro para nós é fundamental porque a gente tem um compromisso que este festival tenha sua centralidade nesta cidade, nesse sentido todas as ações, oficinas, espetáculos, teatro, dança, são a garantia de acesso aos bens culturais que esta cidade de Antonina merece” destacou Gorsdorf.

O professor ainda saudou os presentes e agradeceu aos professores, técnicos, estudantes e à toda equipe que permite que o festival seja organizado, e fez um agradecimento especial à prefeitura da cidade “Um festival não se faz sozinho, sem a prefeitura de Antonina, o festival deste ano não ocorreria, a gente tem muito a agradecer por todo o apoio que a gente teve”.

A vice-reitora no exercício da reitoria, professora Graciela Inês Bolzon de Muniz, chamou a atenção para o resgate do espaço público que o festival deste ano tem promovido. “Os coretos em toda a América Latina e em várias partes do mundo são os espaços onde as pessoas se reuniam para dançar, para namorar, esta é a importância de resgatar essa tradição, de resgatar a real função da praça das cidades” destacou a professora.

O prefeito de Antonina, João Paulo Vieira Azim, saudou os presentes e comentou das dificuldades superadas neste ano devido à crise que o país enfrenta “É uma grande felicidade para mim participar da abertura da 27ª abertura do Festival de Inverno, dentro das nossas modestas possibilidades colocamos a prefeitura a disposição para cooperar com a organização deste festival”. Azim completou falando que “é no momento da dificuldade que mostramos nosso valor, hoje é o Brasil que enfrenta uma situação adversa e na nossa querida Antonina não é diferente, mas o nosso papel como gestor dessa comunidade é fazer o melhor dentro das possibilidades”.

Também participaram da cerimônia o Secretário de Cultura de Antonina, Eduardo Nascimento, o vereador de Antonina, Paulo Roberto Broska, o Pró-reitor de Graduação e Educação Profissional, Eduardo Sales de Oliveira Barra,o Gerente Executivo do Sesc Caiobá, Adalberto Carneiro, o Gerente Executivo do Sesc Paranaguá, Alessandro Rocha, o representante do Sesc e da Fecomércio, Darci Viana, e a representante da Asufepar, Áurea Junglus.

Paranambuco

O grupo Paranambuco fechou a noite com seu show Orun Ayê, que dá tíitulo também a seu álbum lançado em 2016, e significa “do céu a terra”. Com músicas que valorizam as religiões afro-afrobrasileiras, o grupo trouxe ritmos como o coco e samba de roda que animaram os presentes. teve até “umbigada”, tradicional dança de roda trazida ao Brasil pelo povo Banto. A festa continuou ao ritmo de blues na associação Ademadan e adentrou a madrugada.

Mais notícias do Festival de Inverno

Grupo de Seresta Canto do Mar recebe Menção Honrosa da UFPR

Confira a programação do segundo dia do Festival de Inverno da UFPR

Abertura do Festival de Inverno da UFPR promete movimentar o litoral do Paraná

Confira a programação do primeiro dia do Festival de Inverno da UFPR

Ainda há vagas para oficinas do Festival de Inverno da UFPR

Previsão do Simepar indica tempo bom no Litoral durante o Festival de Inverno

Estudantes e servidores da UFPR terão transporte para Festival de Inverno da UFPR

Paranaguá e Matinhos receberão pela primeira vez atividades do Festival de Inverno da UFPR

Atividades de rua são destaque do Festival de Inverno UFPR

Festival de Inverno da UFPR terá passeio ciclístico entre Curitiba e Antonina

Festival de Inverno da UFPR divulga programação completa

Site oficial do 27º Festival de Inverno da UFPR

en_USEnglish