logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Dissertação de mestrado em Comunicação da UFPR recebe prêmio do Compolítica

 

Fernanda, com o presidente do Compolitica, Fernando Lattman-Weltman: mais um prêmio para a UFPR. Imagem: Fernanda de Carvalho.

A UFPR acaba de conquistar mais um prêmio nacional, desta vez no campo da  Comunicação. A dissertação de mestrado de Fernanda Cavassana de Carvalho “A disputa presidencial de 2014 em portais de revistas brasileiras: análise comparativa entre editoria e blog na cobertura eleitoral de Veja e Carta Capital na Internet” recebeu da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação Política (Compolítica) o prêmio como a melhor da categoria. O prêmio foi entregue pelo presidente da organização, Fernando Lattman-Weltman.

Orientada pelo professor-doutor Emerson Urizzi Cervi, Fernanda recebeu o prêmio nesta quarta-feira (dia 10), na abertura do 7º Congresso da Compolítica. “O prêmio é importante para mostrar a relevância do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPR e também um reconhecimento ao meu trabalho”, avalia Fernanda, que é professora do Departamento de Linguagem e Comunicação da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR) e doutoranda em Ciência Política pela UFPR.

A dissertação

No trabalho, Fernanda – que também faz parte do Grupo de Pesquisa em Comunicação Política e Opinião Pública da UFPR – compara as coberturas jornalísticas feitas pela internet de duas das maiores revistas de notícias semanais do Brasil – a Veja e a Carta Capital – nas campanhas dos principais atores políticos  nas eleições presidenciais de 2014, em especial a ex-presidenta Dilma Rousseff  e o senador Aécio Neves. “Foram duas coberturas com posturas ideológicas distintas”, disse a autora.

A metodologia utilizada foi a análise quantitativa de conteúdo. Foram analisados 4703 textos veiculados durante o período de campanha (de 1º de julho a 26 de outubro de 2014), totalizando 4253 publicações de Veja e 450 de Carta Capital, tanto em reportagens jornalísticas quanto em postagens em blogs oficiais dos dois veículos. Os resultados apontam que há mais semelhanças do que diferenças entre a cobertura eleitoral das duas revistas na Internet.

Entre outras conclusões, em linhas gerais, a autora mostrou que a Veja apresentou um conteúdo mais negativo em relação à candidata Dilma Rousseff, sobretudo nos seus blogs. Já a Carta Capital adotou a mesma postura em relação ao candidato Aécio Neves. A íntegra do trabalho pode ser acessada no portal http://www.cpop.ufpr.br/.

 

 

Sugestões

Post de Evento
Vai ser publicado um Edital sobre ……
Pré-Vestibular Comunitário da UFPR está com vagas remanescentes abertas
O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná...
Provar 2024: UFPR tem 804 vagas abertas em cursos de graduação, inscrições até 11/08
Esta é a última semana para inscrição de interessados em uma das 804 vagas em cursos de graduação oferecidas...
Mestrado acadêmico em Enfermagem recebe inscrições
O Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Paraná oferece 24 vagas para o curso...