logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Curso de Extensão sobre Educação Especial iniciou nesta segunda-feira (11)

Curso de Extensão sobre Educação Especial - Foto: Leonardo Bettinelli

Curso de Extensão sobre Educação Especial - Foto: Leonardo Bettinelli

O Curso de Extensão “Intervenção Precoce no Desenvolvimento Infantil”, ministrado pelo professor Vitor Franco da Universidade Évora, Portugal, iniciou nesta segunda-feira (11) e encerra na terça-feira (12). Estavam presentes na abertura, a pró-reitora de Extensão e Cultura professora Elenice Mara Matos Novak; o vice-governador e secretário da Educação do Paraná professor Flávio Arns; a diretora do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes professora Maria Tarcisa Silva Bega; professora Norma da Luz Ferrarini – organizadora do evento e a representante da Federação das APAEs do Estado do Paraná (Feapaes/PR) professora Liana Terezinha Steffen. Entre os participantes, representantes da Secretaria de Estado da Educação (Seed/PR) e dos 30 conselhos regionais da Feapaes/PR.

Curso de Extensão sobre Educação Especial - Foto: Leonardo Bettinelli

Curso de Extensão sobre Educação Especial - Foto: Leonardo Bettinelli

Representando o reitor Zaki Akel Sobrinho, a professora Elenice destacou a internacionalização da extensão como uma relação de integração e interação de conhecimentos. Especialmente no caso do curso “são pessoas ligadas a temas sensíveis e, ao recebê-las, a universidade retrata suas verdadeiras missões e funções, viabilizando também um momento de grande reflexão. A medida em que avançamos neste intuito, desenvolvemos perspectivas e ações em benefício de grandes ou pequenos grupos que têm uma importante dimensão na sociedade”, considerou. Opinião igualmente compartilhada com a professora Tarcisa, que acrescentou como sendo de grande valia a articulação entre os diversos setores da universidade em torno de causas sociais e humanas como esta.

Curso de Extensão sobre Educação Especial - Foto: Leonardo Bettinelli

Curso de Extensão sobre Educação Especial - Foto: Leonardo Bettinelli

Desafio – “A troca de experiências no segmento com outro país é um instrumento essencial para a multiplicação do conhecimento”, disse na oportunidade o professor Flávio Arns. Segundo ele, a intervenção precoce inicia nos cuidados com a mulher, nos acompanhamentos antes e depois do nascimento dos bebês. Um grande exemplo é o trabalho da Pastoral da Criança, presente em vários países do mundo e que cuida da criança ainda durante a gestação. Portanto, o tema é um grande desafio, tanto para a UFPR, como para a Seed. “Nós queremos que as nossas crianças tenham cidadania e que a sociedade realize a intervenção necessária para sua independência”, refletiu o vice-governador.

Falando pela Federação das APAEs do Paraná, a professora Liana ressaltou a participação dos representantes dos 30 conselhos regionais – pessoas de vários municípios do estado. “É imprescindível o acompanhamento da criança logo nos primeiros anos de vida para que esta se desenvolva de maneira saudável em todos os aspectos de sua vida. Para falarmos sobre isso é que estamos aqui, continuou, ressaltando que os participantes devem socializar essas informações, para serem multiplicadores, em suas comunidades e nas famílias”, ponderou ela.

Família – E sobre a família também falou o professor Franco. A intervenção precoce dos problemas relacionados ao desenvolvimento infantil é um trabalho que envolve especialmente a família. Quando menciona o desenvolvimento, o professor se refere a este processo como um todo, por exemplo, nas diversas fases da criança, desde quando ela percebe o mundo a sua volta, até quando começa a gatinhar, dar os primeiros passos, ao pronunciar as primeiras palavras e assim consecutivamente. Havendo problemas já nestas etapas, o acompanhamento deverá ser feito por vários profissionais como psicólogos, pedagogos, fonoaudiólogos e fisioterapeutas, num trabalho integrado. O conceito de intervenção precoce, atualmente utilizado em Portugal, além de envolver todos esses recursos, concentra-se especialmente na família enquanto meio fundamental da promoção do desenvolvimento.

Promoção – O curso é uma realização do Centro de Assessoria e Pesquisa em Psicologia e Educação (Ceappe), órgão suplementar da Direção do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFPR (PPG), com a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Paraná (Seed/PR), com a Federação Estadual das Apaes e com a Universidade de Évora, Portugal. Representa ainda uma ação concreta do convênio entre o Departamento de Psicologia e do PPG com a universidade portuguesa.

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...