Curso de Direito faz cerimônia emocionante para comemorar 100 anos

19 dezembro, 2012
11:57
Por
0
Extensão e Cultura

Foto oficial com todos os professores e demais autoridades - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Com momentos de intensa emoção, o curso de Direito da UFPR comemorou na noite de terça-feira, dia 18, seus 100 anos, iniciando um período de festividades que deve se estender até dezembro de 2013. Direito é um dos cinco cursos fundadores da UFPR. “Esta noite representa uma união de gerações. Temos aqui presentes pelo menos 50 anos de memória viva”, observou o professor Ricardo Marcelo Fonseca, diretor do Setor de Ciências Jurídicas, citando as presenças de alunos, professores ativos e aposentados. Falando sobre o Prédio Histórico onde funciona o curso, ele destacou que “este não é apenas um lugar físico, mas de aspirações, carregado de simbologias. Temos um legado a levar adiante, de liderança acadêmica, cultural e política.”

Pronunciamento do Professor Ricardo Marcelo Fonseca, diretor do Setor de Ciências Jurídicas, ao lado de autoridades, entre elas o prefeito eleito Gustavo Fruet (à dir.) - Foto: Rodrigo Juste Duarte

O prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet, egresso do curso e ex-presidente do Centro Acadêmico Hugo Simas, que representa os estudantes de Direito da UFPR, compareceu no evento.  “Boa parte da minha formação política foi aqui. Participei da primeira eleição para diretor de setor e da primeira eleição direta para reitor, quando  foi eleito o professor Riad Salamuni”, lembrou Fruet.  “Tenho uma relação de confiança e reconhecimento com a UFPR. Tanto que boa parte do meu secretariado, anunciado neste dia 18, é formado por professores ou ex-alunos da UFPR”, afirmou.

A solenidade marcou o lançamento do Comitê do Centenário da Faculdade de Direito, que organizará diversas atividades comemorativas ao longo de 2013. O Comitê será presidido pelo professor Ricardo Marcelo Fonseca, tendo como presidente de honra René Ariel Dotti. “Não me considero aposentado. Aposentadoria é um documento, não é um estado de alma. Espero estar sempre por aqui na universidade”, afirmou Dotti.

O professor René Dotti recebe homenagem: René Ariel Dotti. “Não me considero aposentado (...) Espero estar sempre por aqui na universidade” - Foto: Rodrigo Juste Duarte

HOMENAGENS

A noite foi de homenagens. Inicialmente, receberam diplomas especiais e assinaram o Livro de Registro de Presenças Acadêmicas, lançado no mesmo evento, os ex-diretores do setor Egas Dirceu Moniz de Aragão, Alcides Alberto Munhoz da Cunha, Alfredo de Assis Gonçalves Neto, Joaquim Munhoz de Mello, Luiz Alberto Machado e Luiz Edson Fachin.  Aplaudidos de pé, os ex-diretores se emocionaram.

Em seguida, foram homenageados os professores titulares aposentados: Alfredo de Assis Gonçalves Neto,  Aloísio Surgik, Eduardo de Oliveira Leite,  Fernando de Andrade de Oliveira, Luiz Fernando Coelho, René Ariel Dotti e Luiz Alberto Machado.  Também receberam homenagens Egas Dirceu Moniz de Aragão (professor emérito e catedrático) e Sansão josé Loureiro (professor emérito).

Por fim, receberam homenagens do curso e do Centro Acadêmico Hugo Simas os professores recentemente aposentados:  Eduardo de Oliveira Leite, Gilda Maria Bergamini Muniz, Ivan Guérios Curi, Juarez Cirino dos Santos e Vera Cecília Abagge de Paula.

LANÇAMENTOS DE LIVROS

Além do Registro de Presenças Acadêmicas, foram lançadas na ocasião duas obras. “Direito Civil: Inventário Teórico de um Século”,  aborda o histórico da disciplina de Direito Civil, com trabalho coletivo dos professores da área  no percurso do ensino jurídico do curso.  Traz textos históricos, pareceres, artigos e depoimentos. Outro livro lançado foi “Poucos, Muitos, Todos, Lições Sobre História da Democracia” (Editora UFPR), de Pietro Costa, professor da universidade de Firenze, na Italia. O livro é resultado do curso proferido no programa de Pós-Graduação em Direito, através do edital da Capes “Escola de Altos Estudos”.

“Direito Civil: Inventário Teórico de um Século” foi um dos livros lançados na ocasião - Foto: Rodrigo Juste Duarte

Representando o reitor Zaki Akel Sobrinho e o vice-reitor Rogério Mulinari no evento, a pró-reitora de Graduação Maria Amélia Sabbag Zainko destacou a emoção dos festejos ao longo desta semana em torno do centenário da UFPR. “Nossos primeiros cursos, como Direito, mostraram, deste o início, a visão incrível dos nossos fundadores, da importância da emancipação intelectual do nosso estado. Sempre lutaram pelos Direitos Humanos, pela democracia, em vários embates já realizados aqui. Somos todos UFPR e continuaremos a ser, escrevendo os próximos 100 anos.”

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]