logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Centenário da UFPR: ex-reitor Carlos Antunes diz que a UFPR foi a maior invenção dos paranaenses

ex-reitor Carlos Antunes. Foto de arquivo

Três pontos são fundamentais para o presente e futuro da UFPR, às vésperas de completar o centenário. A ampliação do ensino presencial e a distância com qualidade, intensificar a internacionalização e mergulhar na interdisciplinaridade. O alerta é do ex-reitor Carlos Roberto Antunes dos Santos que dirigiu a UFPR de 1998 a 2002. Para o pesquisador que mantém atividades no curso de Pós-Graduação em História, a saída para desenvolver o País é a educação de qualidade, que deve ser integrada do nível fundamental ao superior. Antunes também destaca a necessidade de aperfeiçoar os métodos de cursos a distância, que podem chegar a lugares diversos, e a importância de trocar experiências com universidades e centros de pesquisa de outros países, permitindo que cada vez mais universitários possam estudar em universidades conjuntas. Hoje a UFPR mantém mais de cem acordos com instituições internacionais.

Foi na gestão de Antunes que a UFPR criou o Núcleo de Educação a Distância e deu os primeiros passos em cursos por videoconferências, uma revolução para a época. Nesse período, a instituição também entrou na internet. Outro avanço foi a criação da rádio e da TV UFPR, porém o que é motivo de muito orgulho para o ex-dirigente foi a eleição do Prédio Histórico como símbolo de Curitiba, uma campanha que envolveu diversos segmentos da comunidade e que mostrou a importância dessa instituição centenária na vida dos curitibanos.

Muitos desafios ─ O ex-reitor conta que ter comandado a UFPR foi uma missão repleta de desafios e ao mesmo tempo fascinante. Guarda hoje o orgulho de ter criado oito cursos de graduação e, assim, ter permitido o crescimento em quantidade e qualidade da UFPR. Entre os cursos criados no período estão Engenharia Ambiental, Engenharia Industrial Madeireira e Gestão da Informação. Outra conquista na área da graduação foi o reconhecimento, por parte do Ministério da Educação, do curso de Medicina Veterinária de Palotina.

Nessa gestão foi criada uma grande infraestrutura para pós-graduação e pesquisa, com 13 novos cursos de mestrado e 11 de doutorado. Carlos Antunes também citou a construção do Centro de Ciências Florestais e da Madeira e a passarela que liga o campus Jardim Botânico ao Centro Politécnico. Houve ainda uma ampla reforma no Hospital de Clínicas, bem como a reabertura da Maternidade Victor Ferreira do Amaral. Enquanto estava à frente da administração da UFPR, o ex-reitor Carlos Antunes foi presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), na gestão 2001-2002.

Mas foi a falta de recursos que trouxe preocupação à equipe da Reitoria. Antunes lembra que a cada ano ficava mais complicado administrar o orçamento num período em que a Funpar estava endividada. Houve um trabalho intenso com o objetivo de sanear a situação da Fundação. Após negociações em Brasília, a gestão conseguiu por fim às dívidas. Outro problema citado por ele foi quando enfrentou uma greve de 104 dias dos servidores e professores, a maior já realizada pelo funcionalismo federal, e que trouxe reflexos para o calendário escolar durante três anos.

Quando perguntado qual é o sentimento da nossa centenária instituição, declarou que “a UFPR foi a maior invenção dos paranaenses”.

Leia também:

Ex-reitor Carlos Faraco: centenário da UFPR remete à criação genial da sociedade paranaense
A Universidade dos Paranaenses está prestes a completar 100 anos
No centenário da UFPR a parceria com a Itaipu mostra muitos resultados

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...