Alunos de especializações a distância têm primeiro encontro presencial

16 setembro, 2014
15:50
Por
0
Ensino e Educação

Os alunos dos cursos de especialização à distância em Gestão Pública, Gestão Pública Municipal e Gestão em Saúde da UFPR tiveram seu primeiro encontro presencial no último sábado (13). Reunidos no auditório do Setor de Ciências Sociais Aplicadas, cerca de 400 pessoas, entre alunos e professores, puderam se conhecer, trocar vivências e receber algumas dicas de como melhorar seu desempenho nos estudos por EaD. Além de presença das cidades de Rio Negro, Colombo, Lapa e Paranaguá, o pólo de Foz do Iguaçu também participou por webconferência.

“Esta é uma oportunidade única para que esses estudantes também se sintam parte da UFPR. Por ser à distância, muitas vezes o aluno pode ter dificuldade de se inserir no ambiente acadêmico, mas esse tipo de encontro permite que ele visualize melhor seu papel dentro da instituição, reafirme seu compromisso ético com uma vaga pública”, explica a coordenadora de Integração de Educação a Distância (Cipead) da UFPR, Marineli Méier. Os três cursos são ofertados pela Universidade Aberta do Brasil de forma gratuita a servidores públicos ou do terceiro setor.

Para um dos organizadores do evento e coordenador da especialização em Gestão Pública Municipal, professor Glauco de Menezes, o encontro superou as expectativas tanto pelo número de participantes quanto pela receptividade dos alunos. “O pessoal lotou inclusive os corredores e ficou do início ao fim, participando, interessado mesmo. Isso é fundamental porque quando o aluno de EaD percebe a dimensão do curso e da sua universidade, quantas pessoas envolvidas, ele visualiza o tamanho de sua responsabilidade que, no caso do estudo a distância, deve ser ainda mais respeitada”, conta o professor.

Jordão Pereira, aluno de Gestão Pública pelo pólo de Colombo, foi um dos alunos presentes no encontro e confirma a importância da iniciativa logo no início do curso. “É muito interessante quando você vê as pessoas, vê que não está sozinho. Conheci inclusive outros colegas que estavam no mesmo curso, na mesma cidade, e estamos viabilizando a criação de um grupo de estudos. Dá ainda mais ânimo para continuar e se dedicar”, disse Pereira.

As especializações ainda têm previstos outros quatro encontros presenciais que, de acordo com Glauco de Menezes, devem ser realizados em outros pólos para ainda maior participação e integração. Cada curso tem duração de 15 meses, com carga horária total de 420 horas. Os alunos participantes do encontro fazem parte da terceira oferta de vagas.

Por Jaqueline Carrara

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]