Alunos de Engenharia Florestal visitam o Acre

20 agosto, 2013
10:33
Por
0
Extensão e Cultura

Uma turma de estudantes e professores do curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Paraná está no Acre para conhecer de perto a flora da Região Amazônica. O grupo já visitou o complexo Xapuri e o seringal Cachoeira, onde conferiu como funciona o sistema de manejo florestal comunitário.

A visita faz parte de um projeto desenvolvido pela UFPR em parceria com governos estaduais. Além de apresentar aos alunos os vários tipos de vegetação existentes no Brasil, o objetivo do projeto é mostrar as novas tecnologias de manejo florestal.

A viagem começou em Curitiba, Paraná, no início deste mês. De lá, os alunos passaram pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Porto Velho (RO), e então chegaram ao Acre. Durante a visita ao estado, os alunos participam de palestras, além de conhecerem de perto a vegetação nativa da Floresta Amazônica.

A ideia, que começou em 2008, tem gerado resultados positivos e, desde então, a cada ano novas turmas de estudantes fazem o percurso. Para o professor e engenheiro florestal Renato Robert, esse é um ganho científico, econômico e social. “Problemas a gente sabe que existe em qualquer área, não somente no Acre, mas em todo o Brasil, mas obviamente o Acre é um ícone e traz tecnologias avançadas com relação ao manejo florestal”, acredita.

Troca de experiências

Uma das alunas da UFPR, Sabina Dessartre, diz que a troca de experiência é de grande importância para o desenvolvimento dos estudantes. “Essa experiência de viajar pelo Brasil conhecendo vários biomas, diferentes realidades é muito interessante para a nossa turma de engenheiros florestais. Estamos acompanhando 12 estudantes da Alemanha, então possibilitar essa troca de experiência do grupo é importante”, diz.

Estudante de mestrado na Alemanha, Felipe Quartucci, a viagem serve para ‘expandir horizontes’. “Essa viagem está servindo para completar esse meu conhecimento, porque muita coisa a gente não vê. Manejo de floresta nativa, Floresta Amazônica, muito pouco a gente vê, lá em São Paulo por exemplo”, destaca.

O Acre é o último estado que os estudantes irão visitar. Na próxima semana eles ainda conhecerão a reserva do Antimari, além de algumas empresas que trabalham com manejo florestal.

Para a estudante universitária colombiana, Adriana Valeizuela, que acompanha o grupo, a experiência tem sido crucial para complementar os seus estudos. “Tenho aprendido muitas coisas aqui no Brasil e no Acre especialmente na área de manejo sustentável da floresta. O Brasil está implementando diferentes políticas para a conservação da Amazônia. Nós temos que trabalhar juntos pelo desenvolvimento sustentável”, diz.

Reprodução do G1 (Acre)

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]