logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

A verdade sobre a flexibilização de jornada: Reitoria reafirma compromisso com 30h

É totalmente falso o boato de que a Reitoria da UFPR determina jornada de 40 horas semanais aos servidores técnico-administrativos. Na verdade, provando sua transparência e respeito pelos servidores, a atual Reitoria foi a responsável, em âmbito administrativo, pela implantação e encaminhamento da proposta de flexibilização da jornada de trabalho para 30 horas semanais.

“Como podem nos acusar de sermos contra as 30 horas? É uma acusação leviana e irresponsável que não condiz com o tratamento democrático e respeitoso que sempre demos aos servidores. Fomos nós que implantamos as 30 horas, em parceria com os representantes dos servidores técnico-administrativos e com o aval dos Conselhos Superiores da UFPR”, afirmou o reitor Zaki Akel Sobrinho.

As unidades que desejam ter flexibilização de jornada (30 horas) devem encaminhar um processo à comissão específica que trata do tema, de acordo com as exigências estabelecidas no ano de 2011, elaboradas em parceria com membros do Sinditest, dos Conselhos Superiores e da Administração da UFPR.
A jornada de 30 horas ainda só não está implantada em toda a UFPR porque várias unidades não encaminharam o pedido de regulamentação da flexibilização para análise da comissão que trata do assunto, indicada pelo Conselho Universitário (COUN). Este trâmite é obrigatório para a autorização das 30 horas. A comissão avalia se as unidades atendem aos critérios objetivos e transparentes e define onde há amparo legal para a adoção da flexibilização da jornada. “A UFPR quer implantar a flexibilização (30 horas) de forma segura, que respeite os limites legais e não traga prejuízos aos servidores. Por isso, os pedidos precisam ser encaminhados para análise, que deve ser cuidadosa” salientou o Reitor.

Conquista histórica

A flexibilização da jornada para 30 horas foi uma conquista histórica implantada na UFPR, pela atual gestão da Reitoria, com responsabilidade e respeito tanto à lei quanto à ética. A proposta foi construída, em 2011, com os conselhos superiores, em parceria com os representantes dos servidores técnico-administrativos. Esta proposta, segundo a reitoria, garante mais qualidade de vida e oportunidades de aperfeiçoamento constantes para os servidores da UFPR.

Planejamento evita problemas

O reitor da UFPR esclarece que a flexibilização está ligada a uma mudança de cultura institucional e à adequação do período de atendimento da universidade às necessidades da comunidade. A aplicação da flexibilização a todos os servidores de forma indiscriminada e sem atender critérios legais pode colocar em risco toda a conquista das 30 horas e também os dirigentes, chefias imediatas e servidores participantes. É fundamental alertar que os responsáveis podem ser multados ou mesmo serem obrigados a devolver valores recebidos, caso haja irregularidades no processo. Por isso, a flexibilização deve estar atrelada ao planejamento das unidades.

30 horas e o sistema de controle de frequência

O novo sistema de controle de frequência não impede a implantação da flexibilização de jornada (30 horas). Este novo método apenas troca as desgastadas folhas ponto, por um sistema online. O novo sistema foi desenvolvido na UFPR, por técnicos do Centro de Computação Eletrônica (CCE) em parceria com a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe). Ao invés do servidor registrar a sua frequência assinando diariamente as folhas individuais, marcando sua entrada e saída, agora este mesmo servidor apenas fará isso em seu computador, de forma muito mais segura, online e usando login e senha que usa normalmente em seu e-mail, explicou Edson Flávio, diretor do CCE.

Sugestões

Informativo UFPR (Destaques da semana de 07/08 a 11/08/2023) 
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA    🧠🔭 Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para...
Setor Palotina: Posse da nova direção
No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com...
Doutoranda que criou programas para incentivar a adoção de cães é homenageada na Câmara de Curitiba 
Na manhã desta terça-feira (8), Lu Baldan, médica veterinária e doutoranda em Ciências Veterinárias na...
UFPR lamenta falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda Santos
A Universidade Federal do Paraná comunica, com pesar, o falecimento do professor aposentado Mauro Lacerda...