logo_branca_ufpr

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ


UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

A Lituânia desconhecida é tema de exposição fotográfica no campus Reitoria

Exposição foi inaugurada na noite da última quarta-feira (13). FOTO: Samira Chami Neves
Exposição foi inaugurada na noite da última quarta-feira (13). FOTO: Samira Chami Neves

Um olhar muito sensível sobre a Lituânia inexplorada. Com esta descrição, a cônsul geral da República da Lituânia em São Paulo, Laura Guobužaitė, descreveu a exposição fotográfica inaugurada na última quarta-feira (13), no térreo do Edifício Dom Pedro I (Reitoria).

Presente na Universidade para o lançamento, a cônsul contou um pouco sobre a história recente do país, ressaltando o valor que representa à sua nação estar dessa forma presente mundo afora. “Teve época em que a Lituânia nem aparecia no mapa mundial. Até hoje é vista como um país da Idade Média. Por isso também é uma grande honra estar aqui, trazendo uma Lituânia atual, pujante e, ainda assim, forte em nossos valores”, afirma.

26427009235_b9fc33d5df_z
Professor Guilherme Romanelli, do Departamento de Artes, compartilha com a cônsul lituana sons de instrumento típico do país. FOTO: Samira Chami Neves

Viabilizada pela professora Ana Maria Petraitis Liblik – coordenadora do pólo UFPR do Programa Arte na Escola -, a exposição “Unseen Lithuania” traz fotografias aéreas da região, feitas pelo fotógrafo, editor e documentarista lituano, Marius Jovaiša.Em 2009, em homenagem aos mil anos do nome Lituânia, ele publicou um livro com as fotografias, que hoje percorrem o mundo. Entre as imagens, castelos lembrando antigos heróis, um fio de terra estreita entre o Lago de Curlândia e o Mar Báltico, rios sinuosos e ilhas do lago, cidades na borda da água e históricas igrejas.

As relações construídas pela professora Ana Maria junto ao Consulado da Lituânia em São Paulo oportunizaram a vida da exposição, até então presente apenas em São e Rio de Janeiro. FOTO: Samira Chami Neves
As relações construídas pela professora Ana Maria junto ao Consulado da Lituânia em São Paulo oportunizaram a vinda da exposição, até então presente apenas em São Paulo e Rio de Janeiro. FOTO: Samira Chami Neves

Para Ana Maria, além da riqueza de conhecimentos agregada pela exposição, a iniciativa apresenta um importante material para que professores e alunos trabalhem em sala de aula uma das grandes expressões da arte. “Essa exposição tem um significado muito especial pela história atual que traz e também para nosso trabalho dedicado à disseminação das artes como contribuição para a melhoria da educação”, explica.

Ao representar a Reitoria, o assessor para Assuntos Internacionais da UFPR, professor Carlos Siqueira, ainda ressaltou a importância de se “valorizar a iniciativa como oportunidade de abertura de novos caminhos além de quaisquer fronteira”. A fala de Siqueira foi sucedida por uma intervenção musical organizada pelo professor do Departamento de Artes, Guilherme Romaneli, acompanhado de alguns alunos que utilizavam um instrumento de sopro, rústico, típico dos lituanos.

*CONFIRA AQUI A GALERIA DE FOTOS*

FOTO: Samira Chami Neves
Uma das fotos presentes na exposição mostra um país de lindas paisagens. FOTO/REPRODUÇÃO: Samira Chami Neves

Sobre o país

A Lituânia, oficialmente República da Lituânia, é uma das três repúblicas bálticas. Sua capital é a cidade de Vilnius, no leste do país. Outras cidades importantes são Kaunas e Klaipėda. É um dos países-membros da União Europeia (UE) e possui cerca de 3 milhões de habitantes.

Mencionada pela primeira vez na literatura em 14 de fevereiro de 1009, a Lituânia cresceu até se tornar uma nação relevante na Idade Média.

Já integrou a extinta União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), sendo o primeiro país a se desvincular do grupo, com independência conquistada em 1991.

Arte na Escola

Arte na EscolaO Instituto Arte na Escola é uma associação civil sem fins lucrativos que, desde 1989, qualifica, incentiva e reconhece o ensino da arte, por meio da formação continuada de professores da Educação Básica. Tem como premissa que a Arte, enquanto objeto do saber, desenvolve nos alunos habilidades perceptivas, capacidade reflexiva e incentiva a formação de uma consciência crítica, não se limitando a auto-expressão e à criatividade.

Na UFPR, o pólo do projeto existe desde 2004, fruto de um convênio entre a Universidade Federal do Paraná e o Instituto Arte na Escola.

Sugestões

Capitães da areia é a obra do mês de agosto do Clube do Livro
A segunda temporada do Clube do Livro, promovida pelo Sistema de Bibliotecas (SiBi) da Universidade...
Projeto de extensão Ciência para Todos está com inscrições abertas para alunos da UFPR
O projeto de extensão “Ciência para Todos” está com inscrições abertas para o processo seletivo e trainee....
Projeto da UFPR oferece treinamento gratuito de futebol para meninas
Com o objetivo de trabalhar o desenvolvimento integral de meninas entre 10 e 14 anos através da prática...
Inscrições para cursos extensivos do Celin para novos alunos iniciam em 7 de agosto
As inscrições para os cursos extensivos ofertados pelo Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin)...