UFPR promove recepção a estudantes estrangeiros

17 fevereiro, 2017
10:26
Por Lais Murakami
0
Ensino e Educação

Foto: Samira Chami Neves / Sucom UFPR

Estudantes de diferentes nacionalidades receberam as boas-vindas da UFPR, nesta quinta-feira (16), em cerimônia que contou com uma demonstração da cultura tradicional brasileira, almoço no Restaurante Universitário, visita à biblioteca da instituição, além de importantes informações sobre a estadia no país. Os alunos fazem parte de diversos projetos de intercâmbio que têm como objetivo oferecer formação acadêmica a pessoas de outras origens que ficarão no Brasil, em média, pelo período de seis meses a um ano.

Os acadêmicos vêm dos mais variados países como Alemanha, México, Japão, França, Chile, Bélgica, Suécia, Uruguai, Argentina, Honduras, Togo, Camarões, Cuba e República Democrática do Congo. A iniciativa conta com o apoio do Centro de Línguas e Interculturalidade (Celin), da Agência UFPR Internacional e do Núcleo Tandem. De acordo com o diretor da Agência UFPR Internacional, André de Macedo Duarte, o período em que esses estudantes passarão aqui será de muita valia para a formação deles, já que proporcionará experiências novas, choques culturais e diferentes formas de viver. “Nós faremos uma caravana para que eles conheçam todos os campi da universidade e os serviços que a instituição oferece. Foi organizada ainda uma estrutura de acompanhamento com alunos brasileiros que auxiliarão na integração desses acadêmicos ao país”, revela Duarte.

Para o diretor do Celin, Luiz Gardenal, a realização de uma recepção como essa é essencial, pois os intercambistas não estão familiarizados com a língua e com a cultura local, além de não saberem, normalmente, locomover-se pela cidade. Nesse sentido, a ação de boas-vindas faz com que as pessoas sintam-se acolhidas e mais seguras. Gardenal explica que existem acadêmicos que estão aqui devido a questões humanitárias: “temos os alunos do Programa Reingresso, refugiados que tiveram seus cursos interrompidos nos países de origem e que, ao virem para o Brasil, podem dar continuidade aos estudos”.

Foto: Samira Chami Neves / Sucom UFPR

Apresentação Cultural

Após a cerimônia de boas-vindas, a UFPR proporcionou aos estrangeiros um momento descontraído e lúdico, no qual os artistas Itaércio Rocha e Matheus Braga apresentaram músicas e ritmos tradicionais brasileiros. A performance exibiu um pouco do ritmo e da cultura de norte a sul do país e animou os intercambistas que, entusiasmados, participaram da festa cantando e até arriscaram alguns passos de dança.

O espetáculo foi importante para que os estudantes relaxassem antes de partir para as próximas atividades agendadas. Para esta sexta-feira (17), está programado um tour pelas instalações da UFPR, que passará pelos seguintes campi: Reitoria, Agrárias, Jardim Botânico e Centro Politécnico.

Intercambistas

Elie Kabongo. Foto: Samira Chami Neves / Sucom UFPR

Elie Kabongo é estudante do segundo ano de Gestão da Informação e representante dos estudantes internacionais da UFPR. Kabongo é um dos refugiados, originário da República Democrática do Congo, e está no Brasil desde janeiro de 2015. Segundo o intercambista, esse projeto permitiu que ele recomeçasse sua vida com dignidade. “Estou muito orgulhoso, pois quando cheguei não falava nada de português e, graças ao Celin, hoje estou conseguindo me comunicar com as outras pessoas daqui”, conta.

Sofía Travieso Pérez. Foto: Samira Chami Neves / Sucom UFPR

A hondurenha Sofía Travieso Pérez, de 19 anos, chegou ao Brasil em fevereiro de 2016 para estudar Biologia. A maior dificuldade que ela encontrou no país foi a questão da língua portuguesa. A língua materna de Sofía é o espanhol, porém ela sentiu que em alguns momentos acabava confundindo os dois idiomas. Segundo a futura bióloga, o destaque positivo é o fato de o Brasil possuir tantas culturas diferentes em um só local: “isso é algo único, que jamais conheci no resto do mundo”. O objetivo da estudante é conhecer melhor o contexto da biologia neste país que possui uma biodiversidade tão ampla.

Felipe Iturra Toledo. Foto: Samira Chami Neves / Sucom UFPR

O estudante de Ciências Econômicas, Felipe Iturra Toledo – de 19 anos –, é chileno e chegou ao Brasil recentemente, no início de fevereiro. Toledo escolheu fazer intercâmbio no Brasil devido à semelhança entre a língua portuguesa e a espanhola, porém, durante o tempo em que está aqui, já percebeu que o idioma local não é tão simples de compreender. Para ele, os brasileiros falam de forma muito rápida e a pronúncia anasalada se torna difícil de entender. O chileno está cursando o último ano da graduação e ficará um período de seis meses por aqui. Segundo ele, os brasileiros são pessoas muito simpáticas e com boa disposição para ajudar os estrangeiros. “Minha intenção é aprender a falar português fluentemente”, revela.

Francisco Kanyi-Kodjovi. Foto: Samira Chami Neves / Sucom UFPR

Francisco Kanyi-Kodjovi é nacional de Togo, tem 25 anos de idade e vai iniciar os estudos em Ciência da Computação. O togolês, que já está no Brasil há um ano, afirma que espera aproveitar muito as aulas que terá a oportunidade de assistir. “Gostaria de conquistar um diploma e, no futuro, ter um bom emprego nessa área”. De acordo com Kanyi-Kodjovi, a forma que os brasileiros vivem e a cultura daqui é muito diferente do país africano, por isso considera muito importante essa orientação inicial que está sendo oferecida. “Vim para cá por meio do Programa de Estudantes – PEC-G, projeto que permite que pessoas provenientes da África e da América Latina estudem no Brasil. Eu acredito que essa é uma oportunidade muito boa para auxiliar no desenvolvimento do estudo e da formação”, conta.

Confira a galeria de fotos do evento no Flickr da UFPR.

Sugestões

14 agosto, 2023

Desenvolvido na UFPR por parceria internacional, magneto molecular Dy(pn)Cl pode ajudar a investigar o ambiente químico em torno […]

10 agosto, 2023

No último dia 03, aconteceu a posse da nova Direção do Setor Palotina, Gestão 2023 – 2027, com […]

09 agosto, 2023

O projeto de extensão “Pré-Vestibular Comunitário”, do setor Palotina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), está com inscrições […]

07 agosto, 2023

A série “Cientistas do Brasil” é uma produção que mostra a ciência produzida por pesquisadores das Instituições Federais […]